Repositório Digital

A- A A+

Biological evaluation of mechanically deboned chicken meat protein hydrolysate

.

Biological evaluation of mechanically deboned chicken meat protein hydrolysate

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Biological evaluation of mechanically deboned chicken meat protein hydrolysate
Outro título Avaliação biológica do hidrolisado de proteína da carne de galinha desossada mecanicamente
Autor Rossi, Daniele Misturini
Flôres, Simone Hickmann
Venzke, Janaína Guimarães
Ayub, Marco Antônio Záchia
Resumo Objetivo O objetivo do estudo foi avaliar a qualidade biológica da proteína hidrolisada obtida a partir da carne mecanicamente separada de frango. Métodos A carne mecanicamente separada de frango foi hidrolisada com a enzima Alcalase 2,4 L FG e o hidrolisado obtido foi submetido a secagem em atomizador. Foram utilizados três grupos (n=6) de ratos machos Wistar os quais receberam dietas contendo caseína, proteína hidrolisada de carne mecanicamente separada de frango ou uma dieta com proteína livre. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em gaiolas individuais, com temperatura controlada (22°C), por um período de 12 dias. Resultados A dieta utilizando carne mecanicamente separada de frango resultou em elevada utilização líquida de proteína (3,74) e elevada digestibilidade verdadeira (96%). A composição de aminoácidos da proteína hidrolisada apresentou bons resultados, embora metionina e cistina tenham apresentado baixos valores, sendo considerados aminoácidos limitantes. A composição química mostrou altos valores de proteína no hidrolisado obtido (62%). Conclusão Os resultados obtidos neste trabalho sugerem que a proteína hidrolisada de carne mecanicamente separada de frango poderá ser utilizada como um suplemento em formulações alimentares, tais como formulações enterais, ou como fonte de complementação protéica na indústria de alimentos em geral.
Abstract Objective The objective of this study was to evaluate the biological properties of a protein hydrolysate obtained by enzymatic hydrolysis of mechanically deboned chicken meat. Methods Mechanically deboned chicken meat was hydrolysed using Alcalase 2.4 L FG and then dried in a spray-drier. Three groups (n=6) of male Wistar rats received diets containing casein, mechanically deboned chicken meat protein hydrolysate and a protein-free diet. The rats were randomly assigned to individual cages with controlled temperature (22°C) for 12 days. Results The mechanically deboned chicken meat diet resulted in a good net protein utilization (3.74) and high true digestibility (96%)..The amino acid composition of the hydrolysate was relatively well balanced, but the concentrations of methionine and cystine were low, making them the limiting amino acids. The proximate chemical composition of the hydrolysate showed protein content to be as high as 62%. Conclusion The results obtained in this work suggest that mechanically deboned chicken meat hydrolysate can be used as a protein enhancer in food preparations such as enteral formulations, and as an edible protein enhancer in general applications.
Contido em Revista de nutrição = Brazilian journal of nutrition. Campinas. Vol. 22, n. 6 (nov./dez. 2009), p. 879-885.
Assunto Carne de frango
Proteina
[en] Biological factors
[en] Epidemilogy, experimental
[en] Hydrolyzed vegetable protein
[en] Protein
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/69892
Arquivos Descrição Formato
000736222.pdf (314.8Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.