Repositório Digital

A- A A+

O atendimento educacional especializado para alunos com altas habilidades/superdotação na rede municipal de ensino de Porto Alegre

.

O atendimento educacional especializado para alunos com altas habilidades/superdotação na rede municipal de ensino de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O atendimento educacional especializado para alunos com altas habilidades/superdotação na rede municipal de ensino de Porto Alegre
Autor Maliczewski, Fernanda
Orientador Tezzari, Mauren Lúcia
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de especialização educação especial: processos inclusivos.
Assunto Atendimento especializado
Ensino público municipal
Superdotado
Resumo A presente monografia procurou compreender como é realizado o trabalho de atendimento especializado a alunos com Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD) na Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre. Para tanto, buscou-se conhecer a Sala de Integração e Recursos (SIR) para AH/SD, seu processo de implementação, os alunos atendidos e o trabalho desenvolvido. A pesquisa apresentada é de caráter qualitativo utilizando uma entrevista semi-estruturada, como fonte de coleta de dados. Na revisão de literatura foram utilizados autores de referência como Joseph Renzulli e Howard Gardner, bem como o material bibliográfico produzido pelo Ministério da Educação do Brasil (MEC) nos últimos anos. Desta forma, tornou-se importante compreender e analisar o processo utilizado desde a identificação das AH/SD, dos encaminhamentos, o trabalho de enriquecimento e os possíveis desdobramentos na vida destes alunos. A SIR AH/SD é um espaço de atendimento especializado que visa desenvolver de forma suplementar as potencialidades destes alunos na Rede Municipal de Ensino através de atividades extracurriculares e de pesquisa. Sendo assim, antes deste trabalho iniciar, o aluno é encaminhado pela escola e passa por um processo de identificação e avaliação de suas habilidades, aptidões e áreas de interesse. No entanto, existem muitas lacunas quando se pensa em um trabalho para alunos com AH/SD. Há falta tanto de qualificação profissional para a identificação destes alunos quanto de oferta de atendimento especializado, pois apenas uma sala de recursos para AH/SD não é suficiente para atender a demanda existente, na referida rede, sendo que esta população apresenta-se subestimada levando em consideração estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS). Percebe-se ainda a importância de qualificar educadores para reconhecer e trabalhar em sala de aula com alunos com AH/SD. O que pode ser visto, por exemplo, pelo índice insignificante de atendimentos na SIR AH/SD de meninas ou pelo alto índice de crianças medicalizadas nas escolas, tratadas como hiperativas, refletindo no sentimento de baixa auto-estima frequentemente apresentado por muitos destes alunos.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/69908
Arquivos Descrição Formato
000875072.pdf (276.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.