Repositório Digital

A- A A+

Entre a docência e o fazer artístico : formação e atuação coletiva de professoras artistas

.

Entre a docência e o fazer artístico : formação e atuação coletiva de professoras artistas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Entre a docência e o fazer artístico : formação e atuação coletiva de professoras artistas
Autor Born, Patriciane Teresinha
Orientador Loponte, Luciana Gruppelli
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Artista
Formação
Professor
[es] Artes visuales
[es] Colectivo de artista
[es] Docencia y hacer artístico
[es] Formación
[es] Profesoras artistas
Resumo Esta pesquisa investiga a formação e atuação de professoras artistas que compõem o Ponto de Fuga - Coletivo em Arte (Montenegro/RS), a fim de discutir a respeito das possíveis relações entre docência em arte na Educação Básica e fazer artístico. Ao abordar a dicotomia entre o Bacharelado e a Licenciatura em Artes Visuais, apresenta-se a formação de professor artista do curso de Graduação em Artes Visuais: licenciatura da FUNDARTE/UERGS, no qual cinco integrantes do coletivo são graduadas, como uma possibilidade de formação para a atuação concomitante na docência e na produção artística. Num segundo momento, os modos de ser artista são tensionados (entre a genialidade artística e a atuação de coletivos de artistas como descentralização da criação), buscando discutir a formação e atuação do coletivo do qual fazem parte as professoras artistas. A partir desta trama, investiga-se os fazeres artísticos e pedagógicos das componentes do coletivo, bem como os possíveis encontros e tensões entre as duas atividades. O procedimento metodológico principal caracteriza-se pela realização de entrevistas semiestruturadas com as professoras artistas do Ponto de Fuga - Coletivo em Arte, como também um questionário escrito respondido por cada integrante. Além do material empírico derivado de tais procedimentos, somam-se ainda anotações realizadas em diário de campo sobre encontros do coletivo, bem como documentos visuais, a exemplo de imagens de trabalhos artísticos das participantes da pesquisa e convites de exposições. Considera-se que, tanto a formação de professor artista proposta pelo curso citado, como a participação no coletivo, contribuem para entrelaçamentos entre a docência e o fazer artístico, colaborando para a construção de uma noção de artista mais próxima do contexto escolar. Também é possível afirmar que o coletivo configura-se como um espaço de resistência para o exercício do fazer artístico, o que consequentemente contribui no exercício da docência em arte.
Resumen Esta investigación trata sobre la formación y actuación de profesoras artistas que componen el Ponto de Fuga - Coletivo em Arte (Montenegro/RS), con la intención de discutir respecto a las posibles relaciones entre la docencia en el arte en la educación básica y el hacer artístico. Al abordar la dicotomía entre el Bacharelado y la Licenciatura en Artes Visuales, se presenta la formación del profesor artista del curso de Graduación en Artes Visuales: licenciatura de FUNDARTE/UERGS, el cual cinco integrantes del colectivo son graduadas, como una posibilidad de formación para la actuación concomitante tanto en la docencia como en la producción artística. En un segundo momento, los modos de ser artista son tensionados (entre la genialidad artística y la actuación de colectivos de artistas como descentralización de la creación), buscando discutir la formación y actuación del colectivo lo cual hacen parte las profesoras artistas. A partir de esa trama, se investiga los haceres artísticos y pedagógicos de los componentes del colectivo, así como los posibles encuentros y tensiones entre las dos actividades. El procedimiento metodológico principal se caracteriza por la realización de entrevistas semiestructuradas con las profesoras artistas de Ponto de Fuga - Coletivo em Arte, como también un cuestionario escrito respondido por cada integrante. Además del material empírico derivado de tales procedimientos, se suman aún las anotaciones realizadas en diario de campo a respecto de encuentros del coletivo, como también documentos visuales, a modo de ejemplo de imágenes de trabajos artísticos de las participantes de la investigación y tarjetas de invitación de muestras. Se considera que tanto la formación del profesor artista propuesta por el curso citado, como la participación en el colectivo contribuyen para el entrelazamiento entre docencia y el hacer artístico, colaborando para la construcción de una noción de artista más próxima del contexto escolar. También es posible afirmar que el colectivo se configura como un espacio de resistencia para el ejercicio del hacer artístico, lo que consecuentemente contribuye en el ejercicio de la docencia en el arte.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/69926
Arquivos Descrição Formato
000875490.pdf (4.984Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.