Repositório Digital

A- A A+

Intuições para uma pedagogia da intuição : a amizade enquanto uma experiência integral pela dinâmica das cartas

.

Intuições para uma pedagogia da intuição : a amizade enquanto uma experiência integral pela dinâmica das cartas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Intuições para uma pedagogia da intuição : a amizade enquanto uma experiência integral pela dinâmica das cartas
Autor Machado, Alexsandro dos Santos
Orientador Dorneles, Malvina do Amaral
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Bergson, Henri, 1859-1941
Intuição
Jovem
Memória
Pedagogia
[en] Integral experiences with youth
[en] Memory and duration in Bergson
[en] Pedagogy of intuition
Resumo A partir de uma de uma atividade denominada “Dinâmica das Cartas”, o autor convidou seus estudantes do Ensino Médio a escreverem cartas para si mesmos a serem recebidas cinco anos depois. Após esse período, conforme o combinado, tais cartas foram remetidas de volta aos seus autores pelo correio e houve um reencontro com todos os participantes. Trinta e oito voluntários aceitaram o convite do autor e continuaram um processo de aprofundamento de reflexões sobre a Dinâmica das Cartas por meio de e-mails, cartas e encontros presenciais. O produto desse processo foi analisado pelo autor a partir da obra de Henri Bergson, de maneira especial, por meio dos conceitos de intuição, memória, duração e experiência integral. Constatou-se que, sustentada pela amizade, as experiências escolares podem envolver a inteligência e a intuição, mediante um misto de processos da mente e da memória, que podem se entrelaçar em experiências integrais. Por fim, ao verificarmos que a intuição é o fio metodológico capaz de, em complemento à inteligência, transformar as vivências educativas em experiências integrais, apontamos a necessidade de se organizar pressupostos mais consistentes para uma Pedagogia da Intuição.
Abstract From an activity called a "Dynamics of Letters", the author invited his high school students to write letters to themselves to be received five years later. After this period, as agreed, such letters were sent back to their authors by mail and there was a meeting with all participants. Thirty-eight volunteers accepted the invitation of the author and continued a process of deepening reflection on the dynamics of letters through e-mails, letters and meetings. The product of this process was analyzed by the author based on work of Henri Bergson, especially, through the concepts of intuition, memory, duration and integral experience. Thus, we conclude that through friendship, the dynamics of the Letters was formed as an integral experience. We see through this dynamic that the school experiences may involve intelligence and intuition, through a combination of processes of the mind and memory, which can be interwoven through the integral experiences. Finally, to verify that intuition is the thread methodological able to, in addition to intelligence, transform the educational experiences in integral experiences, highlighting the need to organize more consistent fundamentals for a Pedagogy of Intuition.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/69943
Arquivos Descrição Formato
000875294.pdf (5.630Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.