Repositório Digital

A- A A+

Investimento no Brasil : o papel do governo e o impacto do BNDES no mercado de crédito

.

Investimento no Brasil : o papel do governo e o impacto do BNDES no mercado de crédito

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Investimento no Brasil : o papel do governo e o impacto do BNDES no mercado de crédito
Autor Keller, Felipe Chaves
Orientador Pôrto Júnior, Sabino da Silva
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.
Investimento
Mercado financeiro
[en] BNDES
[en] Brazil
[en] Investment
[en] Political economy
[en] VAR/VEC
Resumo O objetivo central do presente estudo é identificar os determinantes da baixa taxa de investimento brasileira e analisar o impacto do BNDES no mercado privado de crédito através de modelos de equações simultâneas (VAR/VEC). Sob o pressuposto de existência de restrições ao crédito a longo prazo no Brasil, é plausível pensar que o BNDES venha a suprir uma parcela importante do mercado, ignorada pelos bancos privados. Entretanto, o BNDES opera em condições privilegiadas de funding e taxas de juros baixas para o mercado, o que possibilita inferir que o próprio banco público seja uma barreira à entrada de crédito privado no mercado. Autores favoráveis à intervenção estatal por meio do BNDES argumentam que este consiste em ferramenta de política contracíclica, entretanto, a literatura empírica analisada apresenta resultados divergentes. Sob o arcabouço teórico da economia política, a análise empírica deste trabalho busca, em primeiro lugar, identificar as relações endógenas entre o crédito privado e o crédito do BNDES, a fim de testar a hipótese da existência de efeito crowding-out. Os resultados encontrados indicam que o BNDES não seria responsável, isoladamente, pela barreira ao crédito privado no curto prazo, mas seu efeito é negativo. Ainda é testada a hipótese de efeito contracíclico do BNDES e, mesmo que não se possa rejeitála, os resultados possibilitam inferir que, na verdade, seus desembolsos respondam a ciclos políticos.
Abstract The main goal of the current paper is to identify the determinants of the Brazilian low interest rates and analyze the impact of BNDES on the private credit market through simultaneous equations models (VAR/VEC). Under the assumption of restrictions to long term credit in Brazil, it is plausible to think that the BNDES supplies an important share of the market, ignored by private banks. Although, BNDES operates with privileged funding conditions and interest rates that are low to the market, making it possible to infer that the public bank itself is a barrier to the entrance of private credit in the market. Authors that are favorable of the State intervention through BNDES argue that it consists in a contraciclical policy tool, even though the analyzed literature presents diverging results. Under the theoretical framework of the politic economy, the empirical analysis aims, in first place, at identifying the endogenous relations among private credit and BNDES credit, to test the hypothesis of crowding-out effect. The results indicate that BNDES would not be responsible, alone, for the barrier to the private credit on short term, even though its effect is negative. It is still tested the hypothesis of the contraciclical effect of BNDES and, although it is not possible to reject, the results make it possible to infer that, in fact, its disbursements respond to political cycles.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/69988
Arquivos Descrição Formato
000875750.pdf (477.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.