Repositório Digital

A- A A+

Brasil e Índia : inserção internacional e a campanha pela vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU

.

Brasil e Índia : inserção internacional e a campanha pela vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Brasil e Índia : inserção internacional e a campanha pela vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU
Autor Kunrath, Bruna
Orientador Silva, André Luiz Reis da
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos Internacionais.
Assunto Brasil
Índia
Relações internacionais
Segurança internacional
[en] Security council
Resumo O objetivo desta dissertação é examinar a motivação de os EUA terem formalizado seu apoio diplomático à candidatura da Índia para a obtenção de um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU, enquanto mantêm uma postura mais reticente em relação ao pleito do Brasil. A hipótese primordial é a de que a diplomacia estadunidense busca defender interesses próprios; a parceria estratégica com a Índia viria, portanto, interligada à manutenção da influência dos EUA na Ásia, região onde a esfera de influência da chinesa é crescente. Para tanto esta dissertação também abordará o processo de deliberações a respeito da reforma do Conselho de Segurança, a qual se encontra presente na mesa de negociações desde os anos 1990. Busca-se analisar as propostas dos grupos de pressão que se colocaram em torno deste tema, buscando observar quais são suas argumentações em defesa de seus projetos e críticas em relação aos outros. Além disso, também examina-se a postura dos membros permanentes do CSNU em relação a uma possível reforma das Nações Unidas. Com isso, busca-se inferir quais seriam os obstáculos que tem atravancado o processo de reforma das Nações Unidas e se Brasil e Índia estariam próximos ou distantes de atingir o objetivo de adentrar no CSNU como membros permanentes. Ainda, também analisa-se as inserções internacionais de Brasil e Índia, buscando observar semelhanças e diferenças tanto em seu comportamento na esfera internacional como em suas capacidades de atuação no sistema internacional. Observa-se que, pelo fato de serem grandes países com grandes populações, crescentes economias, com sistema democrático estável e amplo engajamento nas Nações Unidas, há mais semelhanças do que diferenças na inserção destes dois países e, como potências emergentes, demonstram se credenciar à vaga permanente no Conselho de Segurança.
Abstract The aim of this dissertation is to examine the motivation of the USA support over de Indian candidature for a permanent seat in the United Nations Security Council, while USA is reticent about the Brazilian claim. The main hypothesis is that the USA diplomacy is seeking to defend its own interests; the strategic partnership with India, thus, comes from the maintenance of the USA influence in Asia, region where the sphere of influence of China is growing. This dissertation will approach the deliberation process on the Security Council reform, which is present in negotiations since de 1990s. The aim is, therefore, analyze the proposals of the lobbies that ate engaged in this topic. Besides, it is also examined the position of the UNSC permanent members in relation to the possibility of the United Nation reform. Therewith, it aims to conclude what are the obstacles that are obstructing the process of the United Nations reform and if Brazil and India would be close or far to achieve the goal of becoming new permanent members of the UNSC. Moreover, it is also analyzed the international insertion of Brazil and India, seeking to observe similarities and differences in their behavior in the international field and in their ability of act in the international system. It is observed that, because they are big countries with big populations, growing economies, with stable democratic system and broader engagement in the United Nations, there are more similarities than differences in the international insertion of these two countries and, as emerging powers, it shows that they accredit the Security Council permanent seat.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/70007
Arquivos Descrição Formato
000876095.pdf (2.017Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.