Repositório Digital

A- A A+

Um ensaio sobre a dependência a partir das relações econômicas do Brasil contemporâneo

.

Um ensaio sobre a dependência a partir das relações econômicas do Brasil contemporâneo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Um ensaio sobre a dependência a partir das relações econômicas do Brasil contemporâneo
Autor Franklin, Rodrigo Straessli Pinto
Orientador Fonseca, Pedro Cezar Dutra
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Brasil
Dependência econômica
Desenvolvimento econômico
Relações econômicas internacionais
Teoria econômica
[en] Dependency theory
[en] Dialectical materialism
[en] Economic development
[en] International relations
Resumo O presente trabalho busca, por meio de uma análise crítica da teoria da dependência, estabele-cer os princípios metodológicos e os elementos centrais para a aplicação do aludido referenci-al teórico ao caso concreto brasileiro das últimas duas décadas. Para tanto, resgata-se os de-senvolvimentos anteriores da teoria, buscando desde suas origens na escola estruturalista da CEPAL, com os trabalhos de Raúl Prebisch e Celso Furtado, até a sua consolidação nas duas vertentes marxistas da teoria da dependência, os neomarxistas, com as contribuições de Ruy Mauro Marini, e os cardosianos, a partir da análise das obras de Fernando Henrique Cardoso e Enzo Faletto. É realizada, então, uma crítica metodológica das referidas vertentes marxistas, com o intuito de extrair dos escritos precedentes aquilo que poderia servir de base para a construção de uma teoria adequada tanto à situação histórica atual quanto às interpretações contemporâneas da obra de Karl Marx. Por fim, com base nas críticas realizadas, busca-se construir uma nova proposta para a análise, em que a categoria da dependência se constrói como síntese das relações de exploração, subordinação e vinculação entre países centrais e periféricos. Para que a referida categoria e suas múltiplas determinações sejam compatíveis com a realidade brasileira contemporânea, utiliza-se para a sua construção de dados referentes às relações econômicas entre o Brasil e os Estados Unidos nos últimos vinte anos.
Abstract Through a critical analysis of the dependency theory, the present work attempts to create the methodological principles and core elements for the usage of the aforementioned theoretical framework to the Brazilian case of the last two decades. To do that, the prior developments of the theory are rescued, since its origins in the structuralist school of ECLAC, with the work of Raúl Prebisch and Celso Furtado, until its consolidation in two different Marxists strands of dependency theory, the Neo-Marxists, with the contribution of Ruy Mauro Marini, and the Cardosians, through the work of Fernando Henrique Cardoso and Enzo Faletto. Then, a methodological critic of these Marxists strands is done, in order to extract what could be used as base for the construction of an adequate theory both to the present historical situation as to the contemporary interpretations of the work of Karl Marx. Finally, based on these critics, a proposal for a new framework is made, in which the dependency category is built as a synthesis of relations of exploitation, subordination and linking between central and peripheral countries. For this category and its multi-determinations to be compatible with contemporary Brazilian reality, data concerning about the relations between Brazil and United States in the last twenty years are used in its construction.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/70015
Arquivos Descrição Formato
000863456.pdf (1.084Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.