Repositório Digital

A- A A+

Estudo da utilização de piperacilina/tazobactam em unidade de tratamento intensivo adulto de um hospital privado de Porto Alegre

.

Estudo da utilização de piperacilina/tazobactam em unidade de tratamento intensivo adulto de um hospital privado de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da utilização de piperacilina/tazobactam em unidade de tratamento intensivo adulto de um hospital privado de Porto Alegre
Outro título The study of the use of piperacillin/tazobactam in adult intensive care unit of a private hospital in Porto Alegre
Autor Menezes, Camila Pereira
Orientador Bueno, Denise
Co-orientador Caon, Suhélen
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Curso de Farmácia.
Assunto Antibioticos beta-lactamicos
Infecção hospitalar
Piperacilina
Tazobactam
Uso de medicamentos
[en] Beta-lactams
[en] Critical care
[en] Infection
Resumo Os estudos de utilização de antimicrobianos são importantes para ações de controle de infecção hospitalar e têm como principais objetivos: traçar o perfil de uso, avaliar os hábitos de utilização e comparar com os conhecimentos da farmacoterapia, identificar as possíveis razões que contribuem para as oscilações dos consumos e subsidiar a implementação de medidas que favoreçam a utilização adequada dos medicamentos (ROSA et al., 2001). Este estudo objetivou avaliar o perfil de utilização de piperacilina/tazobactam na UTI Adulto de um hospital privado de grande porte de Porto Alegre. Os dados foram obtidos através do acompanhamento da evolução clínica dos pacientes, prescrição médica, acompanhamento de incompatibilidades, ajuste de dose para pacientes com insuficiência renal, e análise de exames laboratoriais. Dos 40 pacientes avaliados neste estudo, dez pacientes apresentavam insuficiência renal, sendo que destes, sete pacientes realizavam hemodiálise e nenhum deles tinha descrito nas prescrições uma dose adicional de piperacilina/tazobactam, recomendada pela literatura, após cada sessão de hemodiálise. As infecções mais relatadas foram pneumonia (47,5%) e sepse (35%). A taxa de mortalidade geral dos pacientes foi de 30% e a infecção mais relatada para os pacientes em óbito foi sepse. Neste estudo, 56% dos pacientes realizaram exames bacteriológicos antes ou durante o tratamento. Das incompatibilidades encontradas o midazolam foi o medicamento mais prescrito com seis prescrições. O farmacêutico hospitalar pode intervir de forma importante no controle do uso de antimicrobianos, disponibilizando para o corpo clínico e equipe assistencial informações sobre os medicamentos através de protocolos de utilização de antimicrobianos.
Abstract Studies of antimicrobial drug use are important to efforts to control hospital infection and its main objectives: to trace the usage profile, to assess the usage habits and compare them with the knowledge of pharmacotherapy, identify the possible reasons that contribute to the oscillations of consumption and support the implementation of measures to encourage the appropriate use of medicines (ROSA et al., 2001). This study aimed to evaluate the usage profile of piperacillin / tazobactam in the Adult ICU of a large private hospital in Porto Alegre. Data were obtained by monitoring the clinical course of patients, prescription drugs, monitoring of incompatibilities, dose adjustment for patients with renal failure and laboratory analysis. Of the 40 patients evaluated in this study, ten patients had renal failure, and of these, seven patients underwent hemodialysis, and none was described in the requirements an additional dose of piperacillin / tazobactam, recommended in the literature after each hemodialysis session. The most common infections reported were pneumonia (47.5%) and sepsis (35%). The overall mortality rate of patients was 30% and the infection reported more frequently for patients at death was sepsis. In this study 56% of the patients underwent bacteriological tests before or during treatment. Incompatibilities found midazolam was the most prescribed drug with six prescriptions. The hospital pharmacist can intervene in controlling antimicrobial use, providing for the medical and health care team about drugs protocols through the use of antimicrobials.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70101
Arquivos Descrição Formato
000777538.pdf (1.918Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.