Repositório Digital

A- A A+

Estudo da atenção farmacêutica sob o ponto de vista dos farmacêuticos e dos médicos do ambulatório de hipertensão do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

.

Estudo da atenção farmacêutica sob o ponto de vista dos farmacêuticos e dos médicos do ambulatório de hipertensão do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da atenção farmacêutica sob o ponto de vista dos farmacêuticos e dos médicos do ambulatório de hipertensão do Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Autor Martins Neto, Mozart
Orientador Castro, Mauro Silveira de
Co-orientador Correa, Paulo Maximiliano
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Curso de Farmácia.
Assunto Atenção farmacêutica
Resumo OBJETIVO: verificar a opinião de farmacêuticos e médicos do ambulatório de Hipertensão do Serviço de Cardiologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre sobre a prática da atenção farmacêutica. MÉTODOS: Estudo com sete farmacêuticos e três médicos a partir de questionários semi-estruturados, aplicados em maio de 2011 no ambulatório de Hipertensão do Serviço de Cardiologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. RESULTADOS: Os farmacêuticos consideram: a periodicidade no seguimento farmacoterapêutico suficiente para alguns, mas não para outros pacientes; a duração do atendimento como sendo boa; o bom relacionamento com a equipe médica; a sua satisfação pela atuação na atenção farmacêutica; a falta de preparo na graduação para o exercício da atenção; as dificuldades de atendimento a pacientes idosos, a apreensão dos pacientes ao início do seguimento farmacoterapêutico e os efeitos positivos observados com o seguimento farmacoterapêutico. Os médicos relatam os motivos que os levam a encaminhar os pacientes ao seguimento farmacoterapêutico (polifarmácia, pouca orientação e resistência terapêutica); a receptividade dos pacientes ao seguimento é relatada como sendo boa dependendo da abordagem, relatam a melhora da lista de medicamentos fornecidos gratuitamente, mas ainda com limitações, a interação valiosa com a equipe farmacêutica, e o auxílio esperado da equipe farmacêutica nas dificuldades das prescrições e na relação médico-paciente. CONCLUSÕES: Há ainda pontos a serem melhorados como a estrutura física, o número de estudos que comprovem e divulguem os resultados obtidos pela prática da atenção farmacêutica no referido ambulatório e um maior preparo dos farmacêuticos em áreas específicas do conhecimento para que se afirme a valorização da atenção farmacêutica e do profissional farmacêutico.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70118
Arquivos Descrição Formato
000821946.pdf (293.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.