Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da atividade antimicrobiana de actinomicetos endofíticos contra bactérias gram-negativas resistentes a beta-lactâmicos

.

Avaliação da atividade antimicrobiana de actinomicetos endofíticos contra bactérias gram-negativas resistentes a beta-lactâmicos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da atividade antimicrobiana de actinomicetos endofíticos contra bactérias gram-negativas resistentes a beta-lactâmicos
Autor Carvalho, Tiele da Silva
Orientador Van der Sand, Sueli Terezinha
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Curso de Farmácia.
Assunto Actinomicetos endofíticos
Atividade antimicrobiana
Resumo O uso indiscriminado de antibióticos tem sido um dos principais fatores pelo aumento de bactérias resistentes aos compostos hoje disponíveis no mercado. Devido a isso, a busca de novas moléculas com atividade antibiótica é de suma importância. A maioria dos antibióticos é de origem natural ou derivado desses. Os actinomicetos são os principais produtores naturais de compostos antimicrobianos, derivados do seu metabolismo secundário. O gênero Streptomyces é responsável por 90% dos antibióticos produzidos desde a descoberta do primeiro, em 1942, a estreptomicina. Os actinomicetos endofíticos, presentes em diversas espécies vegetais, são uma nova fonte promissora para a produção de compostos bioativos. Este estudo tem como objetivos avaliar a atividade antimicrobiana de actinomicetos endofíticos contra bactérias Gram-negativas resistentes a beta-lactâmicos, e verificar a influência de diferentes fontes de carbono e tempos de incubação na atividade dos actinomicetos. Para realização deste trabalho, foram utilizados dois actinomicetos isolados de tomateiro e treze isolados bacterianos Gram-negativos provenientes de água contaminada com esgoto. O actinomiceto R18(6) apresentou atividade contra todas as bactérias Gram-negativas no teste de dupla camada. Observou-se que o extrato bruto centrifugado foi mais eficiente do que os extratos brutos filtrados. Os extratos produzidos, durante sete dias de incubação, a partir de meios contendo glicerol ou glicose como fontes de carbono apresentaram melhor atividade antimicrobiana. O isolado R18(6), quando crescido em meio de cultura contendo glicerol ou glicose, mostrou, após sete dias de crescimento, a capacidade de produzir metabólito(s) bioativo(s) contra os microrganismos testes.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70121
Arquivos Descrição Formato
000821954.pdf (1.757Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.