Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da irritação cutânea de hidrogéis de quitosana contendo capsaicinóides nanoencapsulados

.

Avaliação da irritação cutânea de hidrogéis de quitosana contendo capsaicinóides nanoencapsulados

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da irritação cutânea de hidrogéis de quitosana contendo capsaicinóides nanoencapsulados
Orientador Guterres, Silvia Stanisçuaski
Co-orientador Contri, Renata Vidor
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Curso de Farmácia.
Assunto Capsaicina
Irritação cutânea
Nanocapsulas
Quitosana
Resumo Os sistemas nanoestruturados estão sendo cada vez mais pesquisados e estudados devido à necessidade cada vez maior de aperfeiçoar a ação de fármacos no organismo. Estes sistemas trazem diversas vantagens, tais como controlar a liberação de fármacos e possivelmente diminuir a irritação de substâncias irritantes quando aplicadas sobre a pele. A capsaicina, um fármaco analgésico usado no tratamento da dor de origem neuropática provoca irritação quando aplicada na via tópica. O uso de formulação comercial desta substância produz irritação nos usuários, motivo pelo qual muitos abandonam o tratamento. Uma alternativa promissora para a diminuição deste efeito indesejável na pele consiste da nanoencapsulação desse fármaco o que poderia aumentar a adesão ao tratamento. Portanto, esse trabalho avalia o poder irritante em humanos dessa nova formulação tópica composta de hidrogel de quitosana contendo nanocapsulas de capsaicina quando comparada com a formulação comercial e com uma fornulação semelhante contendo a capsaicina na forma livre (n=19 voluntários). Foram levantados dados qualitativos sobre a intensidade da sensação produzida nos voluntários e dados quantitativos do nível de eritema, pH e taxa de hidratação. Os dados foram avaliados por meio de estatística descritiva e ANOVA para medidas repetidas. Os resultados encontrados demonstram que a formulação desenvolvida com nanocapsula diminui significativamente o efeito irritante nos voluntários quando comparada com a formulação comercial e também se comparada a formulação livre, sem levar a mudanças significativas da hidratação da pele e com diferenças significativas para o pH. Conclui-se também que o veículo inovador proposto composto de quitosana e nanocápsulas poliméricas não apresentou efeito significativo de irritação nos voluntários, apresentando-se como alternativa promissora para aplicação de capsaicina ou outros ativos na pele.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70128
Arquivos Descrição Formato
000865185.pdf (497.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.