Repositório Digital

A- A A+

Uso de bebidas alcoólicas em postos de gasolina de Porto Alegre : estudo piloto

.

Uso de bebidas alcoólicas em postos de gasolina de Porto Alegre : estudo piloto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uso de bebidas alcoólicas em postos de gasolina de Porto Alegre : estudo piloto
Outro título Alcohol use on premises of gas stations of Porto Alegre, Brazil : pilot study
Autor Leukefeld, Carl G.
Pechansky, Flavio
De Boni, Raquel Brandini
Benzano, Daniela
Resumo Introdução: O uso de álcool é um forte preditor de acidentes de trânsito. Este artigo descreve a factibilidade e dados preliminares de um estudo que avalia a alcoolemia entre jovens que utilizam bebidas alcoólicas em estacionamentos de postos de gasolina de Porto Alegre (RS). Método: Estudo transversal, com amostra em alvo, estratificada por idade e gênero. Os dados foram coletados através de um questionário autopreenchido, e a alcoolemia foi estimada com uso de bafômetro. Resultados: A taxa de recusa foi de 13,7%, e medida da alcoolemia acima de 0,06% foi encontrada em 35,5% (IC95% 24,3-47,9) da amostra. Aproximadamente 10% destes indivíduos (18% dos homens) relatavam intenção de dirigir nas 2 horas subseqüentes à coleta. Conclusão: É discutida a potencial utilização deste tipo de dado, bem como a necessidade de novos estudos sobre uso de substâncias em motoristas brasileiros.
Abstract Introduction: Alcohol use is a strong predictor of traffic accidents. This paper reports feasibility issues and preliminary data on blood alcohol concentration in youths who drink alcohol in gas stations of Porto Alegre, Brazil. Method: It used a cross-sectional design with a purposive sample stratified by age and gender. Data were collected through a selfadministered questionnaire and blood alcohol concentration was estimated with breath alcohol analyzers. Results: Refusal rate was 13.7% and blood alcohol concentration over 0.06% was found in 35.5% (95%CI 24.3-47.9) of the sample. Almost 10% of the subjects (18% of the males) reported they would drive within 2 hours of the interview. Conclusion: The potential utilization of such measures is discussed, as well as the need for studies on substance use in young Brazilian drivers.
Contido em Revista de psiquiatria do Rio Grande do Sul = Journal of psychiatry of Rio Grande do Sul. Vol. 30, n. 1 (jan./abr. 2008), p. 65-68
Assunto Acidentes de trânsito
Consumo de bebidas alcoolicas
Fatores de risco
Intoxicacao alcoolica
Porto Alegre (RS)
[en] Alcohol drinking
[en] Risk-taking behavior
[en] Traffic accidents
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/70179
Arquivos Descrição Formato
000717199.pdf (359.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000717199-02.pdf (120.9Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.