Repositório Digital

A- A A+

Escuta portátil e aprendizagem musical : um estudo com jovens sobre a audição musical mediada pelos dispositivos portáteis

.

Escuta portátil e aprendizagem musical : um estudo com jovens sobre a audição musical mediada pelos dispositivos portáteis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Escuta portátil e aprendizagem musical : um estudo com jovens sobre a audição musical mediada pelos dispositivos portáteis
Autor Ramos, Silvia Nunes
Orientador Souza, Jusamara Vieira de
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Aprendizagem musical
Dispositivos portáteis
Educação musical
Escuta portátil
Música : Jovens
Novas tecnologias
[en] Music education
[en] Portable devices
[en] Portable listening
[en] Youth
Resumo O presente estudo investiga a escuta musical de nove jovens, com idade entre 14 e 20 anos, considerando suas vivências musicais e aprendizagens mediadas pelos dispositivos portáteis. A pesquisa teve como objetivo central identificar o potencial educativo da escuta musical dos jovens, por meio das tecnologias portáteis do formato de mp3. O referencial teórico foi construído a partir de três eixos: o primeiro, desenvolve o conceito de escuta musical, destacando as tipologias dos modos de escuta (IAZZETTA 2009, STOCKFELT, 2009). O segundo eixo refere-se às perspectivas teóricas da sociologia da música de Bull (2000), Thibaud (1992, 2003), Green (2004), Williams (2007), Pecqueux (2009a; 2009b), Granjon e Combes (2009) sobre as experiências auditivas na vida cotidiana contemporânea, bem como, DeNora (2000) com investigações sobre a forma como as pessoas incorporam a música no dia a dia. O terceiro eixo teórico está situado no campo da educação pelas mídias, focando os meios de comunicação, aprendizagem musical e juventude. Nesta perspectiva, os desenvolvimentos das diversas mídias são analisados numa visão mais ampla, enfatizando a flexibilidade, as múltiplas funções e a acessibilidade (KLÜBER 2003; SCHLÄBITZ 1997; MORDUCHOWICZ, 2008), assim como as abordagens que tratam o tema mídia e aprendizagem musical, como Souza (2004; 2011). A partir das perspectivas teóricas de Passeron e Revel (2005) e Leplat (2002), a metodologia adotada foi o estudo de caso. A análise dos dados revelou que a escuta portátil contribui para a construção de conhecimentos musicais. A escuta portátil fornece à aprendizagem musical aspectos particulares: desconstrói a linearidade da apreciação, proporcionando ao ouvinte a diversidade de gêneros musicais que constituem as playlists; transforma “espaços sociais” em “espaços musicais” e de aprendizagem; transita entre escutar, avaliar, perceber e compor. O estudo contribui para um novo olhar sobre o uso destes aparelhos na escuta portátil de jovens, sugerindo aos educadores musicais a criação de novas metodologias, a partir da compreensão dos procedimentos envolvidos nesta escuta.
Abstract The present study investigated the music listening habits of nine youngsters aged between 14 and 20 years, by considering their musical experiences and learning by the use of portable devices. The main focus was to identify the educational potential of music listening in youth, mediated by portable MP3 player technology. The theoretical framework was developed along three axes. The first axis is based on the concept of music listening, highlighting the types of listening modes (IAZZETTA 2009; STOCKFELT 2009). The second refers to the theoretical perspectives of Sociology of Music according to Bull (2000), Thibaud (1992, 2003), Green (2004), Williams (2007), Pecqueux (2009a; 2009b), and Granjon and Combes (2009), on the auditory experiences in contemporary everyday life, and also to DeNora (2000), on the investigations of how people incorporate the music in their daily activities. And the third axis is based on education through the media focusing on the means of communication, music learning and youth. In this perspective, the developments of various media are analyzed in a broader view, emphasizing the flexibility, the multiple functions and accessibility (KLÜBER 2003; SCHLÄBITZ 1997; MORDUCHOWICZ, 2008) as well as the studies that address the issue of media and music learning as did Souza (2004; 2011). This is a case study based on the theoretical perspectives of Passeron and Revel (2005) and Leplat (2002). The data analysis showed that the portable listening contributes to the construction of musical knowledge. Portable listening provides specific aspects to musical learning: it deconstructs the linearity of enjoyment, providing the listener with the diverse array of musical genres that make up the playlists; it turns the “social spaces” into “musical and learning spaces”; it passes through listening, evaluation, understanding and composing. The study allows a new look at the use of these devices in the portable listening of youth and suggests the creation of new methods based on the understanding of the procedures involved in this listening.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/70225
Arquivos Descrição Formato
000876709.pdf (12.00Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.