Repositório Digital

A- A A+

Feedback extrínseco e sua expressão no futebol de base

.

Feedback extrínseco e sua expressão no futebol de base

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Feedback extrínseco e sua expressão no futebol de base
Autor Carlet, Rodrigo
Orientador Moraes, Jose Cicero
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Futebol
Futebol : Educação
Futebol : Treinador
[en] Coach
[en] Extrinsic feedback
[en] Football
[en] Instruction
[en] Training
Resumo O feedback é considerado uma das mais importantes ferramentas no processo de gestão do ensino da técnica e da tática na área dos esportes coletivos. Este trabalho investigou as formas de expressão do feedback extrínseco entre treinadores que atuam no futebol de base. O estudo foi do tipo qualitativo e se caracterizou por uma pesquisa descritiva exploratória, sendo a investigação realizada através de uma entrevista semi-estruturada, abordando cinco questões à seis treinadores, que atuam em categorias de base de dois grandes clubes da cidade de Porto Alegre-RS. Após análise das entrevistas, verificamos que os treinadores valorizam o feedback extrínseco no processo de ensinoaprendizagem- treinamento. Sendo que para estes profissionais entrevistados, a utilização desta ferramenta deve ocorrer com uma dosagem correta, de forma clara e adequado à faixa etária. Quase totalidade dos entrevistados afirma que a transmissão de informações assume maior importância em categorias mais novas e/ou em estágios iniciais de treinamento. Analisando a diferença de aplicação, levando em consideração qualidades técnicas e táticas, encontramos divergências de concepções, pois alguns treinadores afirmam utilizar o feedback para todo o grupo de atletas, sendo que outros admitem fazer o uso em maior escala aos atletas titulares. O estudo parece revelar que cada treinador tem sua linha de trabalho, não seguindo necessariamente uma proposta de instrução, relativamente ao feedback extrínseco, advinda do clube onde atuam profissionalmente.
Abstract Feedback is considered one of the most important tools in the management process of teaching technique and tactics in the field of sports. This study investigated the expression forms of extrinsic feedback from coaches working in youth football. The study was a qualitative and characterized by a descriptive exploratory research being conducted through a semi-structured interview, addressing five questions to six coaches, who work in two basic categories of major clubs in the city of Porto Alegre-RS. The results obtained after the interviews confirmed the great value of extrinsic feedback in the teaching-learning-training, the coaches interviewed for this tool must occur with a correct dosage, in a clear and appropriate to the age group. Almost all of the respondents said that the transmission of information takes on greater importance in younger categories and / or in the early stages of training. Analyzing the difference of application, taking into account technical and tactical qualities, we found differences in conceptions because some coaches say use the feedback to the whole group of athletes, while others admit to use on a larger scale to athletes holders. The study seems to reveal that each coach has his line of work, not necessarily following a proposed instruction, feedback relative to extrinsic, arising out of the club where they work professionally.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70253
Arquivos Descrição Formato
000875947.pdf (535.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.