Repositório Digital

A- A A+

A organização da prática do boxe no Rio Grande do Sul : décadas de 1920 a 1960

.

A organização da prática do boxe no Rio Grande do Sul : décadas de 1920 a 1960

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A organização da prática do boxe no Rio Grande do Sul : décadas de 1920 a 1960
Autor Souza, Tirzah Berni de
Orientador Mazo, Janice Zarpellon
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Boxe
História do esporte
[en] Boxing
[en] History of sport
[en] Telecatch
Resumo A prática do boxe surgiu na Inglaterra no final do século XVIII e difundiu-se para alguns países. No final do século XIX, os Estados Unidos passaram a ser o centro deste esporte que na década de 1920, expande-se pelo mundo. No Brasil, a prática chega no começo do século XX, trazida por marinheiros europeus, que fizeram demonstrações desta prática na cidade do Rio de Janeiro. Desta que era a capital do país na época, alastrou-se para outras cidades. O objetivo deste estudo é compreender como se deu a organização do boxe no Rio Grande do Sul, em particular nas duas cidades onde a prática foi mais intensa, Pelotas e Porto Alegre, desde as primeiras demonstrações da prática no início do século XX, passando pelo processo de esportivização da prática, até a década de 1960, quando se destacou internacionalmente. Neste estudo histórico utilizou-se a técnica de análise documental. Para isto utilizou-se fontes documentais cujas principais foram o Almanaque Esportivo do Rio Grande do Sul Amaro Júnior e fichas catalogadas da coluna de boxe do jornal Diário Popular. Desta forma, apresentam-se as fases pelas quais o boxe no Rio Grande do Sul atravessou para se consolidar como esporte, em Porto Alegre e Pelotas. No início do século XX, a prática já percorria o Estado, mas foi na década de 1920 que as noitadas pugilísticas, como se chamavam os eventos de luta na época, passaram a ser aceitas como entretenimento. A consolidação do boxe como esporte ocorre nas décadas de 1940 e 1950, com a criação da Federação Rio Grandense de Pugilismo, buscando gerenciar os clubes e campeonatos. Por fim, a década de 1960, marcada pela conquista do título mundial na categoria galos por Éder Jofre, oferece impulso ao boxe, ao passo que a febre Telecatch, desvia a atenção da mídia.
Abstract The practice of boxing originated in England in the late eighteenth century and spread to some countries. In the late nineteenth century, the United States became the center of this sport in the 1920s, the world expands. In Brazil, the practice comes at the beginning of the twentieth century, brought by European sailors, who made statements of this practice in the city of Rio de Janeiro. That this was the capital of the country at the time, spread to other cities. The objective of this study is to understand how it came to boxing organization in Rio Grande do Sul, in particular in the two cities where the practice was more intense, Pelotas and Porto Alegre, since the first demonstrations of the practice in the early twentieth century, through process sportivization practice until the 1960s, when it highlighted internationally. In this historical study used the technique of document analysis. For this we used documentary sources which were the main Almanac Sports of Rio Grande do Sul Amaro Jr. and tokens cataloged boxing column of the newspaper Diario Popular. Thus, we present the phases boxing in Rio Grande do Sul crossed to consolidate as sport, in Porto Alegre and Pelotas. In the early twentieth century, the practice has traveled the state, but it was in the 1920s that the pugilistic evenings, as they called the events of struggle at the time, came to be accepted as entertainment. The consolidation of boxing as a sport takes place in the 1940s and 1950s, with the creation of the Federação Rio-Grandense de Pugilismo, seeking to manage clubs and leagues. Finally, the 1960s marked by winning the world title by Eder Jofre, offers boost to boxing, while fever Telecatch, diverts attention from the media.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70256
Arquivos Descrição Formato
000876127.pdf (991.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.