Repositório Digital

A- A A+

Representações sociais de estudantes de ensino médio de duas escolas públicas de Porto Alegre acerca das práticas corporiais

.

Representações sociais de estudantes de ensino médio de duas escolas públicas de Porto Alegre acerca das práticas corporiais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Representações sociais de estudantes de ensino médio de duas escolas públicas de Porto Alegre acerca das práticas corporiais
Autor Portela, Lucas Vieira
Orientador Wittizorecki, Elisandro Schultz
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Educação física escolar
[en] Body practices
[en] Physical education
[en] Social representations
Resumo O presente estudo tem como objetivo investigar as representações que estudantes de Ensino Médio de duas escolas públicas de Porto Alegre/RS constroem acerca das práticas corporais e compreender como a Educação Física escolar influencia esse processo. A literatura sugere relação entre a prática de atividade física na adolescência e na vida adulta como algo que poderia desencadear aderência. Embora a Educação Física seja vista como uma disciplina de grande preferência aos alunos, ela não aparece entre as primeiras quando a sua importância é questionada aos alunos. Além disso, é possível notar na Educação Física escolar, sobretudo com jovens, certo desinvestimento em tal prática. Neste sentido, o estudo pretendeu compreender melhor essas questões. Metodologicamente, trata-se de um estudo descritivo em que foi utilizado o grupo focal com estudantes de Ensino Médio como procedimento de obtenção das informações. O trabalho de campo foi realizado durante o segundo semestre de 2012 e as informações levantadas foram processadas através da análise de conteúdo. Foi possível compreender que os jovens estudantes do ensino médio das duas escolas públicas de Porto Alegre investigadas representam as práticas corporais como algo importante, necessário e prazeroso. A simbologia da prática corporal perpassa o objetivo conectado a saúde, estético ou rendimento. O que toca com mais profundidade os jovens é a sensação obtida com tal prática, assim como as pessoas e amigos igualmente ligados à ela. Com isso relaciona-se as práticas corporais como forma de dar continuidade e evolução às técnicas e ao rendimento em práticas que lhe signifique algo, sem perder de vista a companhia de amigos, e momentos agradáveis, com satisfação pessoal e bem-estar. A Educação Física escolar para grande parte dos jovens é o primeiro e mais profundo contato com as práticas corporais. Com isso os alunos do ensino médio depositam sobre as aulas a função de criar subsídios motores e sociais para que entre eles desperte um interesse nas práticas corporais. Entendem que com o incentivo propiciado pelas aulas na escola, pode mobilizar os estudantes a se aproximarem de alguma prática corporal que lhes produzam significados, assim o aluno pode recorrer a espaços extraescolares para realizar tais práticas.
Abstract The present study aims to investigate the social representations that high school students from two public schools in Porto Alegre / RS builds on the body practices and understand how school physical education influences this process. The literature suggests a relationship between physical activity in adolescence and adulthood as something that could generate adherence. Although physical education is seen as a discipline of great preference to students, it does not appear among the first if its importance is questioned to students. Moreover, it is possible to notice in physical education, especially with young people, some disinvestment in such practice. In this sense, the study sought to better understand these issues. Methodologically, this is a descriptive study that used focus groups with high school students as a procedure for obtaining the information. The fieldwork was conducted during the second half of 2012 and the information collected were processed using content analysis. It was possible to understand that young high school students from two public schools in Porto Alegre investigated represent bodily practices as something important, necessary and pleasurable. The symbolism of the body practice permeates the goal connected to health, aesthetics or performance. What touches more deeply the young is the sensation achieved with this practice, as well as people and friends also connected to it. With this, relates with body practices as a way of continuing and evolving techniques and practices that will yield means something, without losing sight of the company of friends, and pleasant moments with personal satisfaction and well-being. The school physical education for most young people is the first and deeper contact with body practices. high school students put about this class the function of creating engines and social allowances for awaken an interest in bodily practices. They understand that the incentive provided by classes in school, can mobilize students to approach some practice body they produce meanings, so the student can use to perform extracurricular spaces such practices.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70297
Arquivos Descrição Formato
000875910.pdf (352.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.