Repositório Digital

A- A A+

A participação nas aulas de educação física no ensino médio : motivações intrínsecas e extrínsecas

.

A participação nas aulas de educação física no ensino médio : motivações intrínsecas e extrínsecas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A participação nas aulas de educação física no ensino médio : motivações intrínsecas e extrínsecas
Autor Tessele Neto, Leo José
Orientador Voser, Rogerio da Cunha
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Educação física escolar
[en] Gender
[en] Motivation
[en] Physical education
Resumo A presente pesquisa de caráter quantitativa e descritiva tem por objetivo verificar a motivação intrínseca e extrínseca dos alunos em aulas de Educação Física no ensino médio e se existem diferenças motivacionais entre os gêneros masculino e feminino. A amostra foi composta por 172 alunos de ambos os sexos, na faixa etária de 14 a 17 anos, de três escolas do município de Porto Alegre. O instrumento de coleta de dados utilizado foi elaborado por Kobal (1996); trata-se de um questionário referentes à identificação de motivos intrínsecos e extrínsecos em aulas de Educação Física, constituído de três questões com 32 afirmações no total, sendo 16 referentes à motivação intrínseca e 16 à motivação extrínseca. Cada afirmação é respondida através de uma escala LIKERT de 5 alternativas, 1 – Concordo muito; 2 – Concordo; 3 – Estou em dúvida; 4 – Discordo; 5 – Discordo Muito. Na análise de dados foram verificadas as médias e percentuais (análise quantitativa) através do Teste-t para amostras independentes; a discussão foi qualitativa, em virtude das características do instrumento utilizado. Os resultados apontaram que ambos os gêneros demonstraram motivação intrínseca e extrínseca nas aulas de Educação Física, entretanto os alunos do gênero masculino se encontravam mais motivados intrínseca e extrinsecamente, comparando com o gênero feminino.
Abstract This research study quantitative and descriptive aims to verify the intrinsic and extrinsic motivation of students in physical education classes in high school and motivational differences between males and females. The sample was composed of 172 students of both sexes, aged 14 to 17 years, three schools in the city of Porto Alegre. The data collection instrument used was developed by Kobal (1996), it is a questionnaire relating to the identification of intrinsic and extrinsic motives in physical education classes, consisting of three questions with 32 statements in total, of which 16 related to motivation intrinsic and extrinsic motivation to 16. Each statement is answered using a scale of 5 LIKERT alternatives, 1 - Strongly agree 2 - agree 3 - I'm not sure, 4 - Disagree, 5 - Very Strongly Disagree. The analysis of data was verified and the mean percentage (quantitative analysis) by t-test for independent samples, the discussion was qualitative, due to the characteristics of the instrument used. The results showed that both genders demonstrated intrinsic and extrinsic motivation in physical education classes, though the male students were more motivated intrinsically and extrinsically, compared with females.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70318
Arquivos Descrição Formato
000875713.pdf (521.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.