Repositório Digital

A- A A+

Avaliação de potência de membros inferiores de atletas de ginástica artística

.

Avaliação de potência de membros inferiores de atletas de ginástica artística

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação de potência de membros inferiores de atletas de ginástica artística
Autor Zettermann, Carlos Augusto Folly
Orientador Oliva, João Carlos
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Ginástica artística
Membros inferiores
Salto vertical
[en] Artistic gymnastic
[en] Jump test
[en] Lower limbs potency
[en] Vertical jump
Resumo A Ginástica Artística é um esporte que requer muita força, flexibilidade e coordenação para a realização de movimentos tão complexos. Para isso é necessário um treinamento de força especializado, para que o atleta desenvolva seu corpo da melhor forma possível e com menor risco de lesões. Uma das formas de treinamento mais eficazes no caso da ginástica artística é o treinamento pliométrico aliado ao treinamento tradicional. Assim a atleta melhora rapidamente a força explosiva e, também, diminui o risco de lesões ocasionadas pela prática do esporte. Objetivo: Avaliar a potência de membros inferiores em atletas de ginástica artística do Núcleo de Esporte de Base da Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Metodologia: Foram selecionadas em fevereiro deste ano 9 ginastas do Núcleo de Esporte de Base entre 7 e 12 anos para realizar testes de salto vertical para avaliar a potência de membro inferiores. Foram realizados três tipos de saltos: squat jump ou sem contra movimento, countermovement jump ou com contra movimento e drop jump ou pliométrico. Os testes foram realizados de forma repetida no período de um ano de treinamento, que iniciou em março de 2012 e terminou em dezembro de 2012. Um pré-teste foi coletado em março de 2012, o primeiro teste em agosto de 2012 e o último teste em dezembro de 2012. Resultados: Houve melhora na altura de salto de todas as atletas de forma gradual do pré-teste ao último teste. Foi efetuado cálculo da razão entre countermevement jump e squat jump para verificar que tipo de treinamento de força as atletas deveriam dar mais ênfase. Também foi realizado tratamento estatístico para verificação das médias dos testes, comparação entre as médias e se houve melhora significativa da força das atletas. Discussão: Houve melhora na força explosiva de todas as atletas, mas conforme o levantamento estatístico a melhora foi significativa entre o pré-teste e o teste 1 e não significativa entre o teste 1 e o teste dois à exceção do salto com contra movimento que foi significativo em todos os testes. Através dos resultados do cálculo da razão entre salto com contra movimento e sem contra movimento pode-se constatar que as atletas necessitam enfatizar o treinamento de força máxima. Conclusão: O programa de treinamento do Núcleo de Esporte de Base mostrou melhora na potência de membros inferiores nas atletas de ginástica artística. Porém os resultados mostraram que as atletas necessitam aprimorar a força máxima o que poderá resultar em melhora no desempenho nas competições.
Abstract The artistic gymnasticis a sport demanding a lot of strenght, flexibility and coordination for the execution of complex movements. In order to reach those objectives a specialized strenght training is necessary for fitness improvement with low risks of physical damages. One of the most efficient training programs for artistic gymanstic is the pliometric training associated to the conventional one. So, the athlete improves fastly its strenght and also reduces the physical damages risks linked to sport practice. Objective: to assess the lower limbs potency in artistic gymnastic athletes of Núcleo de Esporte de Base da Escola de Educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Methodology: nine athletes of 7-12 from the Núcleo de Esporte de Base have been chosen in February, 2012 to perform jump tests in order to assess the lower limbs potency. Three types of jumps have been performed: squat jump, countermovement jump and drop jump. The tests have been performed longitudinally during one year of training, i.e., from March to December, 2012. A pre-test was collected in March, 2012, the first test in August, 2012 and the last one in December, 2012. Results: There has been a gradual improvement in the jump height of all the athletes from the pre-test to the last one. The ratio between the countermevement jump and the squat jump has been calculated to avaliate to which kind of strenght training the athletes should devote more attention. A statistical analysis was also carried out to verify the tests median, the median comparison and the improvement of the athletes strenght. Discussion: the explosive strenght of the athletes improved, but according to the statistic analysis the improvement was significative between the pre-test and test 1 and not significative between the test one and 2, except for the coutermovement jump that was significative in all the tests. Based on the the results from the ratio between countermovement jump and squat jump it was possible to conclude that the athletes need devote more attention to the maximum strenght training. Conclusion: the training program of Núcleo de Esporte de Base demonstrated that the athletes improved the potency in the lower limbs. However, the results indicate that the athletes need to refine the maximum strenght which would result in better results in competitions.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70322
Arquivos Descrição Formato
000875728.pdf (322.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.