Repositório Digital

A- A A+

Promoção de crescimento em gramíneas forrageiras por rizóbios isolados de Lotus corniculatus

.

Promoção de crescimento em gramíneas forrageiras por rizóbios isolados de Lotus corniculatus

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Promoção de crescimento em gramíneas forrageiras por rizóbios isolados de Lotus corniculatus
Outro título Growth promoting in forage grasses by rhizobia isolated from Lotus corniculatus
Autor Machado, Rafael Goulart
Orientador Sa, Enilson Luiz Saccol de
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo.
Assunto Cornichao
Graminea forrageira
Manejo do solo
Rhizobium
Resumo Recentes estudos têm mostrado que os rizóbios podem colonizar raízes, caules e folhas de gramíneas, promovendo o crescimento da planta. A produção de fito-hormônios, principalmente ácido indol acético (AIA) é, possivelmente, o principal mecanismo de promoção de crescimento de gramíneas por rizóbios. O objetivo do trabalho foi quantificar a produção de AIA por rizóbios e avaliar o efeito da inoculação destes rizóbios na germinação e no crescimento vegetal de azevém, braquiária, capim Tanzânia e pensacola. Foram estudados sete rizóbios nativos de solos do Rio Grande do Sul, isolados de nódulos de Lotus corniculatus e a estirpe SEMIA816, recomendada para L. corniculatus. Para quantificação da produção de AIA, os rizóbios foram cultivados em meio levedura-manitol (LM), com e sem adição de triptofano. Foram conduzidos experimentos em laboratório e em casa de vegetação, para se avaliar a capacidade das bactérias em promover crescimento vegetal. Todos os rizóbios testados foram capazes de produzir AIA. Todos os rizóbios foram capazes de promover crescimento vegetal em ao menos uma das gramíneas estudadas. Em laboratório, a germinação do azevém foi antecipada em todos os tratamentos inoculados. O capim Tanzânia e pensacola foram as espécies mais responsivas à inoculação com os rizóbios estudados nos experimentos em casa de vegetação, parecendo haver certa compatibilidade na interação gramínea/rizóbio. Há baixa similaridade genética entre os rizóbios estudados, os quais pertencem aos gêneros Mesorhizobium e Bradyrhizobium.
Abstract Recent studies have shown that rhizobia can colonize roots, stems and leaves of grasses, promoting plant growth. The production of phyto-hormones, mainly indole acetic acid (IAA) is possibly the main mechanism of growth promotion of grasses by rhizobia.The objective of this work was to quantify the production of IAA by rhizobia, and evaluate the effect of rhizobia inoculation on germination and plant growth of ryegrass, Brachiaria, Tanzânia grass and Pensacola. In this work were studied seven rhizobia native from Rio Grande do Sul soils, isolated from nodules of Lotus corniculatus and the strain SEMIA816 recommended for L. corniculatus. To quantify the production of IAA, the strains were cultured in yeast-mannitol (LM) medium, with and without tryptophan addition. Experiments were carried out in laboratory and under greenhouse conditions to evaluate the capacity of these bacteria to promote plant growth promotion. All rhizobia tested were able to produce IAA. All strains were able to promote plant growth in at least one of the grasses studied. In laboratory conditions, the ryegrass seed germination was anticipated in all inoculated treatments. Tanzania and pensacola grasses were the most responsive to rhizobial inoculation in greenhouse experiments, there appears to be certain specificity in interaction graminea / rhizobia. There is low genetic similarity between the rhizobia studied, which belong to the genera Mesorhizobium and Bradyrhizobium.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/70357
Arquivos Descrição Formato
000876434.pdf (484.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.