Repositório Digital

A- A A+

O processo de urbanização do município de Imbé, RS: dinâmicas socioespacial e socioambiental

.

O processo de urbanização do município de Imbé, RS: dinâmicas socioespacial e socioambiental

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O processo de urbanização do município de Imbé, RS: dinâmicas socioespacial e socioambiental
Autor Claussen, Miriam Raquel Silva
Orientador Strohaecker, Tania Marques
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geografia: Bacharelado.
Assunto Imbé (RS)
Impacto ambiental : Urbanização
Urbanização
[en] Environmental dynamics
[en] Urban
[en] Urbanization
Resumo O crescimento urbano acelerado, iniciado na metade do século passado, promoveu o uso inadequado e a ocupação desordenada da Zona Costeira. A carência de políticas públicas de planejamento e gestão ambientais voltadas para a sustentabilidade e a falta de consciência quanto aos recursos naturais permitiram, no passado, a ocupação de ecossistemas vulneráveis, tais como áreas úmidas e campos de dunas. Localizado no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, o município de Imbé, banhado pelo oceano Atlântico e pelo rio Tramandaí, passou por diversas transformações em seu território, que geraram consequências sociais, ambientais, econômicas e legais. A metodologia do trabalho tem como foco principal as dinâmicas socioespacial e socioambiental. Para tal, foi realizado um intenso levantamento bibliográfico, documental e cartográfico sobre o município, além de entrevistas, observações e registros em campo. A partir deste estudo, foram gerados seis mapas temáticos, tendo como base, fotos aéreas e de satélite, sobre a evolução espacial e sua análise. Sinteticamente, o trabalho tem como proposta, identificar de que forma ocorreu o processo de urbanização do município de Imbé e que consequências sociais e ambientais foram geradas.
Abstract A rapid urban growth, beggining in the past half century, promoted an inappropriate and disorderly occupation of the seashore. A deleterius combination of lack of public policies, environmental planning, sustainability management and awareness about natural resources allowed the occupation of vulnerable ecosystems, such as wetlands and dune fields. The city of Imbé, located on the northern seacoast of the state of Rio Grande do Sul and bathed by the Atlantic Ocean and the Tramandaí river, has gone through deep transformations in its territory, which ended up causing social, environmental, economic and legal consequences. The methodology of the present work focuses on main socio-spatial and environmental dynamics. For such purpose, we conducted an intensive literature, document and cartographic review about the municipality, as well as interviews and field observations. Six thematic maps were produced as a result of the study, based on aerial and satellite photos, dealing with its spatial evolution. Also, the proposed work is aimed at identifying how urbanization process took place all along the boundaries of the municipality of Imbé and what social and environmental consequences resulted from that human intervention.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70648
Arquivos Descrição Formato
000878170.pdf (5.748Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.