Repositório Digital

A- A A+

Espanhol como língua estrangeira : uma análise sobre a interação em textos escritos e orais produzidos em contextos de escola pública

.

Espanhol como língua estrangeira : uma análise sobre a interação em textos escritos e orais produzidos em contextos de escola pública

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Espanhol como língua estrangeira : uma análise sobre a interação em textos escritos e orais produzidos em contextos de escola pública
Autor Maciel, Marcelo Gonçalves
Orientador Rottava, Lucia
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Licenciatura.
Assunto Ensino
Língua espanhola (língua estrangeira)
Linguagem
[es] Enseñanza
[es] Español lengua extranjera
[es] Interacción
[es] Lenguaje
Resumo O presente trabalho de conclusão de curso tem por objetivo refletir sobre as condições em que a interação é construída, tomando como objeto de análise produções escritas e orais, com base em uma concepção interativa de linguagem. O exame das produções analisadas é de natureza qualitativa. Foram selecionados textos e gravações produzidas, ao longo do estágio obrigatório de espanhol, no semestre de 2012/2, com uma turma de terceiro ano da rede pública estadual de ensino. Os objetivos específicos estabelecidos, para a análise do corpus desta pesquisa, refletem sobre a maneira como se constituíram as produções escritas de aprendizes de Espanhol como Língua Estrangeira (ELE); e como se compuseram as produções orais desses alunos. Para a realização das análises presentes nesta pesquisa, buscou-se estabelecer critérios que contemplassem tanto as produções escritas quanto as produções orais. Para tanto, pensou-se no educando e na maneira como ele se apropria do novo código linguístico que lhe é apresentado, assim como todo o processo que está envolvido na adequação ao gênero discursivo solicitado através de tarefas desenvolvidas em sala de aula e fora da mesma. O enfoque comunicativo, metodologia de ensino eleita para reflexão, encontra subsídio na acepção de que linguagem é interação, portanto, a língua é ação. Deste modo, promover situações em que o aluno tenha de comunicar-se para ser compreendido, mostra-se como uma ferramenta importante de ser utilizada por professores de língua estrangeira em escolas. É, ao mesmo tempo, uma maneira de emancipar o aluno, pois este por meio do contato com outra língua/realidade constrói hipóteses importantes para sua formação pessoal e linguística.
Resumen La presente tesina tiene por objetivo comprender las condiciones como la interacción es construida, se utiliza como objeto de análisis producciones escritas y orales. Se tiene en este trabajo una concepción interactiva de lenguaje. El examen de las producciones analizadas es de naturaleza cualitativa. Fueron seleccionados textos y grabaciones producidas a lo largo de la pasantía obligatoria de español, en el semestre de 2012/2, con un grupo del último año de la enseñanza media, de la red pública estatal. Los objetivos específicos establecidos, para análisis del corpus de esta investigación, reflexionan a cerca del modo como se construyeron las producciones escritas de aprendices de Español Lengua Extranjera (ELE); y como se compusieron las producciones orales de estos alumnos. Para la realización del análisis presente en esta investigación, se buscó establecer criterios que contemplaran tanto producciones orales cuanto producciones escritas. Para esto se pensó en el estudiante y el modo como él se apropia del nuevo código lingüístico. Así como, se reflexiona sobre el proceso que está involucrado en la adecuación al género discursivo que le solicitan al alumno, por medio de tareas desarrolladas en clase y extra clase. El enfoque comunicativo, metodología de enseñanza elegida, encuentra aporte en la acepción que define lenguaje como interacción, por lo tanto, la lengua es acción. De manera que promocionarle situaciones al aprendiz donde tenga que comunicarse para ser entendido, se muestra una herramienta importante para ser utilizada por profesores de lengua extranjera en escuelas. Al mismo tiempo, es una manera de emancipar el estudiante, pues este por medio del contacto con otra legua/realidad construye hipótesis importantes para su formación personal y lingüística.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70665
Arquivos Descrição Formato
000877157.pdf (4.354Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.