Repositório Digital

A- A A+

As múltiplas fragmentações da narrativa em A Festa, de Ivan Ângelo

.

As múltiplas fragmentações da narrativa em A Festa, de Ivan Ângelo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As múltiplas fragmentações da narrativa em A Festa, de Ivan Ângelo
Autor Polnow, Rodrigo Nogueira
Orientador Bittencourt, Rita Lenira de Freitas
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Português e Literatura Portuguesa: Licenciatura.
Assunto Ângelo, Ivan, 1936-
Fragmentação literaria
Polifonia
[es] Experimentalismo
[es] Fragmentación
[es] La dictadura militar
[es] La fiesta
[es] La polifonía
Resumo Este trabalho analisa as múltiplas fragmentações na obra A Festa de, Ivan Ângelo, além de traçar um breve panorama da literatura brasileira produzida no período da ditadura militar, dominado pela censura e a repressão. As diversas fragmentações são apresentadas em três núcleos. Primeiramente enredo e narrativa, dando ênfase à estrutura: contos-romance-documentário e à noção de experimentalismo dentro da obra. Em seguida, é exposta a segmentação de linguagem e de personagem, abordando recursos linguísticos e discursivos, através das estratégias narrativas de polifonia, utilizando múltiplas vozes nas relações fragmentárias quanto à constituição de personagem e de autor- personagem, além da noção de metalinguagem. Por fim, são analisadas as relações: sociais, históricas e as correntes ideológicas, representando a festa como a metáfora da imagem de período conturbado política e intelectualmente.
Resumen Este trabajo analiza las numerosas fragmentaciones en el libro la Fiesta, Ivan Ângelo, además de esbozar un breve panorama de la literatura brasileña quel fue hecha en la dictadura militar, la cual fue dominada por la censura y por la represión. Las fragmentaciones diversas se presentan en tres secciones. Primer argumento y narrativa, haciendo hincapié en la estructura: historias-romance-documental y la noción de experimentación dentro de la obra. A continuación se expone la segmentación del lenguaje y personaje, frente a los recursos lingüísticos y discursivos a través de las estrategias narrativas de la polifonía, utilizando múltiples voces en las relaciones fragmentarias como la formación del carácter y el autor-personaje, más allá de la noción de metalenguaje. Por último, se analizan las relaciones: las corrientes sociales, históricas e ideológicas, lo que representa la fiesta como metáfora de la imagen del tiempo turbulento políticamente e intelectualmente.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/70695
Arquivos Descrição Formato
000877029.pdf (651.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.