Repositório Digital

A- A A+

Desempenho superficial de barras laminadas redondas de aço SAE 1043 frente às variáveis de condicionamento de tarugos, temperatura de laminação e uso do descarepador

.

Desempenho superficial de barras laminadas redondas de aço SAE 1043 frente às variáveis de condicionamento de tarugos, temperatura de laminação e uso do descarepador

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desempenho superficial de barras laminadas redondas de aço SAE 1043 frente às variáveis de condicionamento de tarugos, temperatura de laminação e uso do descarepador
Autor Bueno, Eduardo Weigelt
Orientador Reguly, Afonso
Data 2012
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais.
Assunto Aço
Laminação : Defeitos
Laminação a quente
[en] Hydraulic descaling
[en] Reheating
[en] Surface defects
[en] Temperature
Resumo Os defeitos superficiais são os maiores problemas de qualidade em barras laminadas a quente, representando inúmeros transtornos durante o processo produtivo, pois dependendo de suas características geram elevada rejeição durante o processo de inspeção. Elevada rejeição significa retrabalho e possível sucateamento. Dentre as diversas causas para a ocorrência de defeitos superficiais, estão os defeitos nos tarugos, a temperatura de laminação, conseqüência da temperatura de reaquecimento e ritmo de laminação e a remoção de carepa após o reaquecimento. Definiu-se o aço SAE 1043 para o desenvolvimento deste trabalho devido aos níveis de rejeição superficial e elevados volumes de produção, o que gera grande impacto na produção das linhas de inspeção. Os resultados obtidos a partir dos testes realizados demonstram que a temperatura de laminação até determinado limite não tem influência na rejeição superficial, mas que abaixo deste gera elevado índice de rejeição. O uso do descarepador tem grande influencia nos níveis de defeitos superficiais, e o controle de seus parâmetros principais é fundamental. O condicionamento superficial dos tarugos é o parâmetro que mais apresentou influência positiva sobre a rejeição superficial, demonstrando que defeitos pré-existentes na matéria-prima têm grande impacto no produto final da laminação.
Abstract Surface defects are major quality problems in hot rolled bars, representing numerous disturbances during the production process, as depending on their characteristics generate high rejection during the inspection process. High rejection means rework and scrap. Among the various causes for the occurrence of surface defects are defects in the billets, rolling temperature, a consequence of the reheating temperature and rate of roll and removal of scale after reheating. The steel SAE 1043 used in this work was selected due to its level of surface defects and high production volumes, which generates large impact on production inspection process. The results show that the rolling temperature of up to a certain limit does not influence the surface defects, but below this generates a high rate of rejection. The use of descaling has a large influence on the levels of surface defects, and control of its main parameters is essential. The surface conditioning of billets is the parameter that showed a positive influence on the reduction of surface defects, demonstrating that pre-existing defects in materials has large impact on the final rolled product.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/71099
Arquivos Descrição Formato
000878521.pdf (1.294Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.