Repositório Digital

A- A A+

Da sensação : fragmentos e cromocrônicas de uma professorartista

.

Da sensação : fragmentos e cromocrônicas de uma professorartista

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Da sensação : fragmentos e cromocrônicas de uma professorartista
Autor Fogazzi, Simone Vacaro
Orientador Zordan, Paola
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Arte
Crônica
Desenho
Pintura
Professor
[en] Colors
[en] Design
[en] Learning
[en] Painting
[en] Sensation
Resumo A presente dissertação apresenta a sensação na arte e no ensino. As vias escolhidas são a da pintura modernista, a da sala de aula e a da construção da casa: a vida de professora-artista-mulher. A Pintura tida como arte e filosofia, seus procedimentos, as cores e os traços, a composição. A sala de aula como espaço da aprendizagem e local de provocação de fissuras na instituição. A casa como lugar de fluxos intensos, do bando, da composição de um território. A sensação como vibração que está na obra e nos corpos. Os blocos de sensação como apresentação das forças sentidas pelo ser. Compreendendo a sensação como via da aprendizagem, este trabalho percorre seu olhar pelos caminhos da Filosofia da Diferença. Através dos autores Deleuze, Guattari, Nietzsche, Gomes, Bergson, entre outros e de pintores e suas obras, como Matisse, Klee, Kandinski, entre tantos mais. Em meio à vida, nos territórios da arte, da escola e da casa. Nos espaços do Observatório da Educação, do atelier da pintora, da casa e da sala de aula. O trabalho apresenta a ideia que aprender é pensar, e que em arte, se aprende pela sensação.
Abstract This dissertation aims at presenting the sensation in Arts and teaching. The means chosen were the modernist painting, the classroom and the building of the house: portraits of life of the teacher-artist-woman. The paintings regarded as art and philosophy, its proceedings, its colors and traces, the composition. The classroom considered as a learning environment and an institutional fissure provoking place. The house accounted as an area of intense flux, of the pack, of a territory composition. The sensation believed as a vibration which is in the piece and in the bodies. Blocks of sensations held as presentation of the forces sensed by the being. Regarding this sensation as a learning means, this work deals with the Philosophy of the Difference traits, Authors such as Deleuze, Guattari, Nietzsche, Gomes, Bergson, amongst others and pieces by painters like Matisse, Klee, Kandinski and several others were studied. Amongst life, artistic territories of the school and the house and in the environment of the “Observatório da Educação”, in the painter’s workshop, in the house and in the classroom, the idea that learning is thinking and that in Arts learning happens though sensation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/71267
Arquivos Descrição Formato
000879091.pdf (6.611Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.