Repositório Digital

A- A A+

A infância no encontro com a arte contemporânea : potencialidades para a educação

.

A infância no encontro com a arte contemporânea : potencialidades para a educação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A infância no encontro com a arte contemporânea : potencialidades para a educação
Autor Delavald, Carini Cristiana
Orientador Loponte, Luciana Gruppelli
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Arte contemporânea
Educação infantil
Formação
Infância
[en] Childhood
[en] Contemporary art
[en] Early childhood education
[en] Formation
Resumo O presente estudo investiga de que modo a experiência com a arte contemporânea pode contribuir para a formação e, desse modo, enriquecer o processo educativo da pequena infância. É sustentado por um referencial multidisciplinar, baseando-se na sociologia da infância (Corsaro, Sarmento), filosofia (Nietzsche, Larrosa), estudos sobre arte contemporânea (Archer, Millet, Loponte) e formação ético-estética (Hermann, Pereira). Como objetivo busca-se interpretar quais as potencialidades para a formação que emergem da experiência de crianças, entre 4 e 5 anos, com a arte contemporânea e o seu significado para a educação da pequena infância. Trata-se de uma investigação de abordagem qualitativa com metodologia voltada a investigação com crianças pequenas fundamentando-se nas perspectivas da sociologia e antropologia da infância. Como métodos, foram utilizados a observação, registros audiovisuais e fotográficos, além de um diário de campo. Para o estudo, foram realizados 20 encontros, entre abril e agosto de 2012, com crianças de uma escola de educação infantil localizada na zona urbana de Porto Alegre. Os encontros foram realizados na escola, sendo um deles voltado à visitação de exposição de arte contemporânea no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS). As crianças conversavam sobre criações de artistas contemporâneos como Laura Lima, Vik Muniz, Regina Silveira entre outros conhecidos por meio da visita ao museu. O estudo destaca que o encontro com a arte contemporânea, ao manifestar o não habitual, o estranho e o diferente, pode acionar modos de ler, pensar, imaginar, sentir e de ver a si e o mundo. Além disso, apresenta as potencialidades para a formação no que diz respeito à ampliação do espectro imaginativo, a mobilização de sensibilidades, da criação e possibilidades de ampliação de visões de mundo, assim como aponta para a relação de receptividade das crianças frente às criações contemporâneas. Ao demonstrar as possibilidades observadas na investigação, o estudo dá forças às discussões acerca da articulação entre arte e educação e pode mobilizar educadores a proporcionar experiências mais significativas potencializadas pelo encontro com a arte contemporânea na educação infantil.
Abstract This current study investigates how the experience with contemporary art could contribute to the education, in ways to improve the education process throughout childhood. It’s sustained by a multidisciplinary referential, based on childhood sociology (Corsaro, Sarmento), philosophy (Nietzsche, Larrosa) studies about contemporary art (Archer, Millet, Loponte) and ethic-aesthetics formation (Hermann, Pereira). From this point of view, it is conducted an analysis of the data with the intention to acknowledge which potentialities can arouse from the experience with contemporary art, and its meaning for the education of children between the ages of 4 and 5 years old. This investigation is a qualitative method of approach that targets toddlers with a perspective based on sociology and anthropology of childhood. As primary methods, it was used observation, audio-visual and photographic images, in addition to a field diary. The study held 20 meetings in 2012, between the months of April through August, with children from a daycare located in an urban area of Porto Alegre. The meetings were mostly held on site, except for one that was dedicated to the visitation of the contemporary art exposition at the Museum of Art of Rio Grande do Sul (MARGS). The children talked about the creations of contemporary artists such as Laura Lima, Vik Muniz, Regina Silveira, amongst other artists learned in the visit to the museum. The study highlights that the contemporary art encounter is to manifest the unusual, the strange and the peculiar, which may trigger different ways of reading, thinking, feeling and maybe even ways of seeing oneself and the world. Furthermore, it presents the potentialities to the education process, as far as the amplification of the imaginary spectrum, broadening sensitivities, awakening of creation and the possibilities of different visions of the world, as well as it points to the children’s receptivity in front of the contemporary creations. The demonstration of the possibilities observed in the investigation, shows that this study will power up debates between the connection of art and education, in fact mobilizing educators to open doors to significant experiences with contemporary art, recognizing the positive influence it may represent during the toddler years.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/71274
Arquivos Descrição Formato
000879105.pdf (5.366Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.