Repositório Digital

A- A A+

Processo de significação dos conhecimentos e corte no ensino em Moçambique

.

Processo de significação dos conhecimentos e corte no ensino em Moçambique

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Processo de significação dos conhecimentos e corte no ensino em Moçambique
Autor Cossa, Lourenço Eugénio
Orientador Pillar, Analice Dutra
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Arte
Currículo
Discurso
Semiótica
Sistema Nacional de Educação.
[en] Curriculum
[en] Discursive semiotic
[en] Mozambique’s national education system
[en] Teaching art
[en] Visual/art education
Resumo Esta tese aborda os processos de significação dos conhecimentos em arte no ensino em Moçambique. O foco é a apreensão dos sentidos que circulam na prática docente das disciplinas referentes às artes visuais, visando refletir acerca das relações entre educação, arte e conhecimento no Sistema Nacional de Educação. A pesquisa foi motivada pela possibilidade de evidenciar a contribuição do aprendizado de/em arte e promover a produção artísticacultural, a percepção, a compreensão, a interpretação do meio envolvente intermediado por intervenções conscientes e transformadoras para o desenvolvimento humano; pela necessidade de refletir não só sobre a ausência de investimentos em recursos humanos, tecnológicos e materiais na área de Artes em Moçambique, como também sobre o tratamento tecnocrático dado a esta área de conhecimento. O referencial teórico-metodológico baseou-se na semiótica discursiva para analisar os textos/entrevistas dos professores formadores da Universidade Pedagógica e consubstanciar os sentidos produzidos e reproduzidos. Ressalta que a significação se constrói através da produção e apreensão dos efeitos de sentidos, na relação do sujeito com o currículo. O corpus de pesquisa foi constituído a partir de entrevistas semiestruturadas realizadas com sete professores. As análises mostraram sentidos que emergem a partir da presença do Outro, o ensino de arte na Educação Visual, que causa estranhamentos no Sistema Nacional de Educação. As significações apresentam-se dentro da circularidade entre as disciplinas de Desenho Técnico/Geométrico e Educação Visual/Artes e apontam efeitos de sentidos que focalizam a dualidade entre o inteligível e o sensível, num contexto em que a priori se deveria processar a interdisciplinaridade. As conclusões apresentam posições discursivas que espelham o ajustamento entre as competências e performances do querer fazer e do querer ser em relação à área artística e ao Outro em oposição. Por outro lado, visualizaram-se sentidos que destacam o ensino de Artes como importante para o desenvolvimento humano, mas pouco valorizado e considerado sem complexidade. Revelam ainda o desenho geométrico como área caracterizada pela inflexibilidade dentro do Sistema Nacional de Educação.
Abstract This thesis addresses the meaning processes from knowledge in art in education in Mozambique. The center of attention is the meaning apprehension that surrounds teaching practice in the disciplines related to visual art, aiming to reflect about the relation among education, art and knowledge in the National Education System. The research was motivated by two reasons: the possibility to evidence the contribution of learning of/with art by promoting artistic and cultural production, the perception, comprehension, interpretation of the context intermediated by conscious and transforming interventions to the human development; and, by the necessity of reflecting not only about the absence of investment in human resources, technology and materials in art domain in Mozambique, but also about the technocratic treatment that is given to the knowledge field. The theoretical and methodological referential is based on discursive semiotic in order to analyze the texts/interviews from teachers trainers from the Pedagogical University and consubstantiate the produced and reproduced meaning. Based on this perspective, it is emphasized that meaning is produced through production and apprehension of meaning effects, which results from the relation between the subject and the curriculum. The research corpus was established by semi-structured interviews made with seven teachers. The analysis showed meanings that emerged from the presence of the Other, teaching art in Visual Education, that causes estrangement in the National Education System. The meanings are visible inside the circularity of the disciplines of Geometric/Technical Drawing and Visual/Art Education and they indicate meaning effects that focus on the duality between sensible and intelligible, in a context that a priori should manage the interdisciplinarity. The conclusions reveal discursive positions that mirror the adjustment between competencies and performances of wanting to do and wanting to be in relation to the artistic domain and to the Other in opposition. On the other hand, meanings that highlight art teaching as something import to human development, but underestimate and considered without complexity are identified. It also discloses the geometric drawing as a discipline characterized by the inflexibility inside the National Education System.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/71279
Arquivos Descrição Formato
000879218.pdf (2.658Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.