Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da dimensionalidade e de um modelo conceitual de qualidade de vida relacionada à saúde bucal utilizando a escala oral health impact profile-14

.

Avaliação da dimensionalidade e de um modelo conceitual de qualidade de vida relacionada à saúde bucal utilizando a escala oral health impact profile-14

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da dimensionalidade e de um modelo conceitual de qualidade de vida relacionada à saúde bucal utilizando a escala oral health impact profile-14
Autor Santos, Camila Mello dos
Orientador Hugo, Fernando Neves
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Epidemiologia
Odontologia social
Qualidade de vida
[en] Epidemiology
[en] Oral health
[en] Oral health-related quality of life
[en] Quality of life
Resumo Poucos estudos têm avaliado a estrutura dimensional do Oral Health Impact Profile-14 (OHIP-14). Análise sobre a dimensionalidade e a adequação do OHIP-14 pode ajudar a melhorar a interpretação deste instrumento. Os objetivos desta tese foram avaliar a dimensionalidade e testar um modelo conceitual de qualidade de vida relacionada à saúde bucal utilizando a escala OHIP-14. A tese foi organizada em 3 manuscritos. O primeiro manuscrito "Comparison of two assessment instruments of the quality of life in older adults" teve como objetivo investigar se existe convergência entre as dimensões da versão abreviada do questionário da Organização Mundial da Saúde sobre Qualidade de vida (WHOQOL-Bref) e do questionário Perfil do Impacto de Saúde Bucal-14 (OHIP-14). Neste estudo, foram avaliados 872 idosos do sul do Brasil. As dimensões dos questionários WHOQOL-Bref e OHIP-14 foram correlacionas por afinidade. Todas as correlações analisadas apresentaram baixa magnitude. Apesar dos questionários WHOQOL-Bref and OHIP-14 apresentarem dimensões relacionadas, eles medem as relações físicas, sociais e psicológicas de maneira diferente. O segundo manuscrito "Oral Health Impact Profile-14: a Unidimensional Scale?" teve como objetivo investigar a estrutura dimensional do OHIP-14. As amostras foram provenientes de dois estudos realizados no Brasil, um no Rio de Janeiro (N=504) e o outro em Carlos Barbosa (N=872). Análises Fatoriais Confirmatória e Exploratória foram realizadas para identificar as dimensões do OHIP-14. As análises fatoriais confirmaram um fator para ambos os estudos. Nossos resultados sugerem que o OHIP-14 é uma escala unidimensional. O terceiro manuscrito "Testing the applicability of a conceptual model of oral health-related quality of life in community-dwelling older people" teve como objetivo testar o modelo conceitual de Wilson e Cleary em relação à qualidade de vida relacionada à saúde bucal. Uma amostra aleatória de 578 idosos do sul do Brasil foi avaliada.O modelo conceitual de Wilson e Cleary foi testado usando a modelagem de equações estruturais, incluindo: edentulismo, sintomas, estado funcional, percepção de saúde bucal, qualidade de vida relacionada à saúde bucal e variáveis sociodemográficas. No modelo final, o edentulismo foi correlacionado com a insatisfação da aparência dos dentes (r = -0,25). O pior estado funcional foi correlacionado com pior percepção de saúde bucal (r = 0,24). A idade teve um efeito direto no OHIP-14 (r = -0,15). Houve um efeito indireto do sexo no OHIP-14 através do estado funcional (r = 0,12).Os resultados apresentados mostram que, para idosos brasileiros, variáveis como sexo e idade desempenham um papel importante para o entendimento conceitual de qualidade de vida relacionada à saúde bucal. Nossos resultados sugerem que o OHIP-14 não avalia o impacto das condições bucais na qualidade de vida numa perspectiva multidimensional, mas em uma única dimensão. A presente tese demonstrou que há caminhos diretos e mediados entre as variáveis clínicas e não clínicas em relação à qualidade de vida relacionada à saúde bucal.
Abstract A few studies have evaluated the dimensional structure of Oral Health Impact Profile-14. Further analysis on the dimensionality and the adequacy of OHIP-14 can help improve the interpretation of this instrument. The objectives of this thesis were to assess the dimensionality and testing a conceptual model of oral health-related quality of life using the OHIP-14 scale. The thesis was organized in three manuscripts. The first manuscript "Comparison of two assessment instruments of the quality of life in older adults" aimed to investigate if there is convergent validity between the dimensions of World Health Organization Quality of Life Questionnaire-Brief Version (WHOQOL-Bref) and Oral Health Impact Profile-14 (OHIP-14) questionnaires. In this study, 872 elderly Southern-Brazilians were evaluated. The dimensions of WHOQOL-Bref and OHIP-14 questionnaires were correlated by affinity. All correlations analyzed had a low magnitude. Despite the fact that WHOQOL-Bref and OHIP-14 instruments have related dimensions, they measure physical, psychological and social relations differently. The second manuscript "Oral Health Impact Profile-14: a Unidimensional Scale?" aimed to investigate the dimensional structure of the OHIP-14. Subjects were from Rio de Janeiro (N=504) and Carlos Barbosa (N=872) Studies in Brazil. Exploratory and Confirmatory Factor Analysis were performed to identify the dimensions of OHIP-14. The factor analysis confirmed one factor in both studies. Our findings suggest that the OHIP-14 is a unidimensional scale. The third manuscript "Testing the applicability of a conceptual model of oral health-related quality of life in community-dwelling older people" aimed to test Wilson and Cleary's conceptual model in relation to oral health-related quality of life. A random sample of 578 elderly Southern-Brazilians was evaluated. Wilson and Cleary's conceptual model was tested using structural equations modeling including: edentulism, symptom status, functional health, oral health perceptions, oral health-related quality of life, and sociodemographic variables. In the final model, edentulism was negatively correlated to dissatisfaction of appearance of their dental prostheses (r= -0.25). The worse functional status was correlated with poor oral health perception (r= 0.24). Age had a direct effect on OHIP-14 (r= -0.15). There was an indirect effect of sex on OHIP-14 via functional status (r= 0.12). The results showed that for elderly Brazilians variables such as sex and age are important in the conceptual understanding of oral health-related quality of life. Our findings suggest that the OHIP-14 may not evaluate the oral impact on quality of life on a multidimensional perspective, but in a single dimension. The present thesis demonstrates that there are direct and mediated pathways between clinical and nonclinical variables in relation to oral health-related quality of life.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/71290
Arquivos Descrição Formato
000879728.pdf (1.613Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.