Repositório Digital

A- A A+

Defeitos congênitos em uma região de mineração de carvão

.

Defeitos congênitos em uma região de mineração de carvão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Defeitos congênitos em uma região de mineração de carvão
Outro título Population risk for birth defects in a coal mining region
Autor Leite, Júlio César Loguercio
Faccini, Lavinia Schuler
Resumo Objetivo Avaliar a relação entre o impacto ambiental decorrente da extração de carvão e sua repercussão na saúde reprodutiva de uma população, residente em pequenas cidades do Sul do Brasil, pela observação da freqüência de defeitos congênitos nos recém-nascidos. Métodos Foram monitoradas as freqüências de oito defeitos congênitos em 10.391 nascidos vivos, ocorridos no período de janeiro de 1985 a dezembro de 1995 em um hospital localizado no município de São Jerônimo, RS. Destes, foram selecionados oito maiores defeitos congênitos, e a análise de suas prevalências ao nascimento visou reduzir os possíveis erros-diagnósticos. As taxas de defeitos congênitos foram comparadas às de outros hospitais geograficamente próximos e às fornecidas pelo Estudo Colaborativo Latino-Americano de Malformações Congênitas (ECLAMC) para a América Latina. Resultados/Conclusões As freqüências observadas não diferiram das encontradas em hospitais regionais e no ECLAMC. O pequeno número de crianças avaliadas mostra apenas algumas tendências, concluindo serem necessários outros estudos mais profundos.
Abstract Objective To assess the relationship between the environmental impact of coal mining and its effects in the reproductive health of populations living in small towns of Southern Brazil by studying the frequency of birth defects in newborns. Methods The assessment of potential reproductive hazards in the population was based on an evaluation of hospital records of 10,391 newborns within a 10-year-period (from 1985 to 1995). Eight major birth defects were selected and their frequencies at birth was analyzed and compared to observed frequencies registered by the Latin American Study of Congenital Malformation (ECLAMC). Results/Conclusions The results show no increase in the frequencies of the birth defects studied, and rule out the existence of an increased teratogenic risk in this region. It’s noteworthy that the small number of children evaluated allows identifying tendencies that can only be confirmed in larger population studies.
Contido em Revista de saude publica. São Paulo. Vol. 35, n. 2 (2001), p. 136-141
Assunto Genética
[en] Abnormalities, epidemiology
[en] Abnormalities, etiology
[en] Coal, toxicity
[en] Coal mining
[en] Environmental impact
[en] Environmental risks
[en] Pregnancy, reproductive health
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/71404
Arquivos Descrição Formato
000302039.pdf (101.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.