Repositório Digital

A- A A+

Grupoterapia cognitivo-comportamental para crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual

.

Grupoterapia cognitivo-comportamental para crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Grupoterapia cognitivo-comportamental para crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual
Outro título Cognitive behavioral group therapy for sexually abused girls
Autor Habigzang, Luísa Fernanda
Stroeher, Fernanda Helena
Hatzenberger, Roberta
Cunha, Rafaela C. da
Ramos, Michele da Silva
Koller, Silvia Helena
Resumo OBJETIVO: Avaliar os efeitos do modelo de grupoterapia cognitivo-comportamental para crianças e adolescentes do sexo feminino vítimas de abuso sexual. MÉTODOS: Foi utilizado delineamento não-randomizado intragrupos de séries temporais. Crianças e adolescentes do sexo feminino com idade entre nove e 16 anos (N=40) da região metropolitana de Porto Alegre (RS), foram clinicamente avaliadas em três encontros individuais, de 2006 a 2008. A grupoterapia consistiu de 16 sessões semi-estruturadas. Instrumentos psicológicos investigaram sintomas de ansiedade, depressão, transtorno do estresse pós-traumático, stress infantil e crenças e percepções da criança em relação à experiência abusiva antes, durante e após a intervenção. Os resultados foram analisados por meio de testes estatísticos para medidas repetidas. Foi realizada uma análise comparativa dos resultados do pré-teste entre os grupos que receberam atendimento psicológico em grupo imediato após a denúncia do abuso e aquelas que aguardaram por atendimento. RESULTADOS: A análise do impacto da intervenção revelou que a grupoterapia cognitivo-comportamental reduziu signifi cativamente sintomas de depressão, ansiedade, stress infantil e transtorno do estresse pós-traumático. Além disso, a intervenção contribuiu para a reestruturação de crenças de culpa, baixa confi ança e credibilidade, sendo efetivo para a redução de sintomas psicológicos e alteração de crenças e percepções distorcidas sobre o abuso. CONCLUSÕES: A grupoterapia cognitivo-comportamental mostrou ser efetiva para a redução de sintomas psicológicos de crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual.
Abstract OBJECTIVE: To assess the effects of a cognitive behavioral group therapy model among female children and adolescents victims of sexual abuse. METHODS: A non-randomized study with intragroup comparisons over time was carried out. Female children and teenagers from nine to 16 years of age (N=40) were clinically assessed in three individual meetings in the metropolitan area of Porto Alegre, Southern Brazil, between 2006 and 2008. The group therapy comprised 16 semi-structured sessions. Psychological instruments were applied to investigate symptoms of anxiety, depression, post-traumatic stress disorder, child stress, beliefs and perception of the abuse experience before, during and after the intervention. The results were analyzed through statistical tests for repeated measures. A comparative analysis was carried out with the results of the pretest between the groups that received group psychotherapy immediately after the sexual abuse was reported and those who were waiting for psychological support. RESULTS: The assessment of the impact of the intervention revealed that cognitive behavioral group therapy significantly reduced symptoms of depression, anxiety, child stress and post-traumatic stress disorder. In addition, the intervention enabled the participants to modify beliefs of guilt, low degrees of trust and credibility, and was effective in reducing psychological symptoms and changing distorted beliefs and perception in regard to the abuse. CONCLUSIONS: Cognitive behavioral group therapy was effective in reducing psychological symptoms in sexually abused girls.
Contido em Revista de saúde pública = Journal of public health. São Paulo, SP. Vol. 43, supl. 1 (2009), p. 70-78.
Assunto Abuso sexual
Adolescente
Criança
Psicoterapia de grupo
Terapia cognitivo-comportamental
[en] Adolescent
[en] Adolescent psychology
[en] Child
[en] Child Abuse, sexual
[en] Cognitive therapy
[en] Psychotherapy, group
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/71438
Arquivos Descrição Formato
000731217.pdf (66.79Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000731217-02.pdf (65.75Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.