Repositório Digital

A- A A+

A Birmânia até 1950 : desafios e legado histórico

.

A Birmânia até 1950 : desafios e legado histórico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A Birmânia até 1950 : desafios e legado histórico
Autor Ribeiro, Erik Herejk
Orientador Martins, José Miguel Quedi
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto Colonialismo
Conflito étnico
Mianmar
Relações internacionais
Segunda guerra mundial : 1939-1945
[en] Burma
[en] Decolonization
[en] Ethnic conflict
[en] International relations of asia
[en] Myanmar
[en] Southeast asia
[en] World war II
Resumo O presente trabalho tem por finalidade analisar o legado histórico e os desafios para a Birmânia até o ano de 1950. A hipótese principal é que a origem das instituições nacionais e da instabilidade do país tem raízes no período analisado (1886-1950). O objetivo da pesquisa é identificar, a partir da hipótese sugerida, as principais ameaças à soberania da Birmânia, atual Mianmar. Para isso será necessário analisar tanto as origens de suas instituições e conflitos internos (políticos e étnicos) quanto suas relações com as principais potências na região. Além disso, faz-se necessário atrair a atenção para uma região estrategicamente fundamental para as relações entre China, Estados Unidos e Índia, três dos principais parceiros do Brasil. As três seções são divididas de acordo com o período histórico analisado. O primeiro capítulo se dedica a demonstrar a importância do nascimento da nação Birmanesa e da sua submissão ao Colonialismo Britânico, levando ao surgimento de grupos nacionalistas mais radicalizados. O segundo processo analisado é a Segunda Guerra Mundial como fator desestabilizador da ordem colonial, colocando a Birmânia no jogo das Grandes Potências através da invasão Japonesa. Por fim, o pós-Guerra (1945-50) trouxe conflitos e instabilidade a um país já dividido por diferenças étnicas entre os Birmaneses e as minorias. Neste período, as intervenções externas foram derivadas da Revolução Chinesa e do início da Guerra Fria, tendo papel fundamental na acentuação do conflito.
Abstract This study aims to analyze the historical legacy and the challenges to Burma until the year of 1950. The main hypothesis is that the origin of national institutions and of the country’s instability has its roots in the period analyzed (1886-1950). The objective of the research is to identify, from the suggested hypothesis, the main threats to the sovereignty of Burma, now Myanmar. For this, it is necessary to analyze the origins of its institutions and internal conflicts (political and ethnic) as well as its relations with the major powers in the region. Moreover, it is necessary to draw attention to a region strategically crucial for relations between China, U.S. and India, three of the main partners of Brazil. The three sections are divided according to the historical period analyzed. The first chapter is devoted to demonstrating the importance of the birth of the Burmese nation and its submission to British Colonialism, leading to the emergence of nationalist groups more radicalized. The second process is examined World War II as a factor destabilizing the colonial order, putting Burma on the game of the Great Powers by invading Japanese. Finally, the post-War (1945-50) brought conflict and instability to a country already divided by ethnic differences between the Burmese and minorities. During this period, external interventions were derived from the Chinese Revolution and the early Cold War, greatly emphasizing the internal conflict.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/71701
Arquivos Descrição Formato
000879305.pdf (1.039Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.