Repositório Digital

A- A A+

Regional differences associated with drinking and driving in Brazil

.

Regional differences associated with drinking and driving in Brazil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Regional differences associated with drinking and driving in Brazil
Outro título Diferenças regionais entre os fatores associados ao beber e dirigir no Brasil
Autor De Boni, Raquel Brandini
Diemen, Lisia von
Duarte, Paulina do Carmo Arruda Vieira
Bumaguin, Daniela Benzano
Hilgert, Juliana Balbinot
Bozzetti, Mary Clarisse
Sordi, Anne Orgler
Pechansky, Flavio
Resumo Objetivo: Avaliar diferenças e similaridades em relação a beber e dirigir (DUI) nas cinco macroregiões brasileiras. Método: Um roadside survey foi realizado nas 27 capitais brasileiras. Foram selecionados aleatoriamente 3.398 condutores que responderam a uma entrevista estruturada e foram testados com uso de etilômetro. Para a construção de modelos preditivos de alcoolemia positiva (BAC), as regiões foram agrupadas de acordo com sua similaridade, obtida por MANOVA, em: 1) Norte e Nordeste; 2) Sul e Centro-Oeste; 3) Sudeste. Em cada grupo foi realizado um modelo de regressão robusta para estimar as variáveis associadas a BAC. Resultados: Dentre os condutores, 2.410 ingeriram bebidas alcoólicas nos 12 meses anteriores, sendo a maioria composta por homens com idade mediana de 36 anos. A única variável associada a BAC em todos os grupos foi ter lazer como motivo da viagem. Baixa escolaridade, idade > 30 anos, dirigir carros/motos e ter realizado teste de bafômetro previamente foram associadas a BAC em ao menos dois grupos. Conclusões: Os fatores associados a DUI foram semelhantes nas regiões, especialmente o motivo da viagem e a escolaridade, embora algumas especificidades regionais tenham sido observadas. Estas informações são estratégicas para políticas públicas destinadas a redução do DUI.
Abstract Objective: To evaluate regional differences and similarities associated with drinking and driving (DUI) in the five Brazilian macro-regions. Method: A roadside survey was conducted in the 27 Brazilian state capitals. A total of 3,398 drivers were randomly selected and given a structured interview and a breathalyzer test. To determine the predictors of positive blood alcohol concentration (BAC) in each region, a MANOVA was performed, and 3 groups were used as follows: 1) North and Northeast, 2) South and Midwest, and 3) Southeast. A Poisson robust regression model was performed to assess the variables associated with positive BAC in each group. Results: Of all surveyed drivers, 2,410 had consumed alcohol in the previous 12 months. Most were male, with a median age of 36. Leisure as the reason for travel was associated with positive BAC in all 3 groups. Low schooling, being older than 30, driving cars or motorcycles and having been given a breathalyzer test at least once in their lives predicted DUI in at least two different groups. Conclusions: Factors , especially low schooling and leisure as a reason for travel, associated with drinking and driving were similar among regions, although certain region-specific features were observed. This information is important for aiming to reduce DUI in the country.
Contido em Revista brasileira de psiquiatria (1999). São Paulo, SP. Vol. 34, n. 3 (out. 2012), p. 306-313
Assunto Álcool : Consumo
Comportamento humano
[en] Alcohol drinking
[en] Geographic locations
[en] Traffic accidents
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/71703
Arquivos Descrição Formato
000856107.pdf (731.0Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.