Repositório Digital

A- A A+

Prevenção da cegueira por retinopatia da prematuridade em hospital da rede privada em Porto Alegre

.

Prevenção da cegueira por retinopatia da prematuridade em hospital da rede privada em Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevenção da cegueira por retinopatia da prematuridade em hospital da rede privada em Porto Alegre
Outro título Prevention of blindness for Retinopathy of Prematurity in a private hospital of Porto Alegre
Autor Fortes Filho, João Borges
Resumo Objetivo: Avaliar a necessidade e a eficiência da fotocoagulação por diodo laser para estabilização da retinopatia da prematuridade em crianças recémnascidas em Centro de Neonatologia de um hospital da rede privada da cidade de Porto Alegre no período entre 1998 e 2002. Instituição: Serviço de Retina do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre Métodos: 56 crianças recém-nascidas foram examinadas entre 1998 e 2002 para prevenção da Retinopatia da Prematuridade. O exame foi realizado no próprio Centro de Neonatologia sob oftalmoscopia binocular indireta após dilatação das pupilas com associação de colírios Tropicamida 0,5% e Fenilefrina 2,5%. Resultados: Ficou constatado que, da população examinada de 56 crianças, foi necessário tratamento fotocoagulador por diodo laser em 11 delas, perfazendo um total aproximado de 20% de necessidade deste tratamento. Todas as crianças foram tratadas quando se identificou a retinopatia da prematuridade no estádio de ROP 3 – doença limiar. Em nenhum destes 56 pacientes foi necessário outro tratamento cirúrgico para deter a retinopatia da prematuridade, bem como também não foi necessária uma segunda sessão do tratamento pelo laser em nenhum dos 11 recém-nascidos tratados.
Abstract Purpose: To evaluate the treatment of the Retinopathy of Prematurity by the diode laser in a private general hospital of Porto Alegre. Place: Serviço de Retina do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre. Methods: 56 newborn were examinated in a period between 1998 – 2002 under indirect binocular ophthalmoscopy after pupil dilatation in both eyes to prevent retinopathy of prematurity progression. Results: Only 11 of the 56 children examinated (near 20%) showed necessity for diode laser treatment under general anesthesia to prevent retinopathy of prematurity progression. All of the newborn treated were ROP 3 – threshold and plus disease. None of these 56 patients showed progression for stage 4 needing vitreo-retinal surgery as well as none of the 11 children treated by the laser in stage 3 of the retinopathy of prematurity needed any new treatment.
Contido em Revista brasileira de oftalmologia. Vol. 63, n. 2 (fev. 2004), p. p.124-128
Assunto Fotocoagulação
Recém-nascido
Retinopatia da prematuridade : Prevenção & controle
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/71725
Arquivos Descrição Formato
000462005.pdf (115.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.