Repositório Digital

A- A A+

Campanha de promoção de saúde ocular e pesquisa do conhecimento sobre glaucoma em uma população geral na cidade de Porto Alegre

.

Campanha de promoção de saúde ocular e pesquisa do conhecimento sobre glaucoma em uma população geral na cidade de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Campanha de promoção de saúde ocular e pesquisa do conhecimento sobre glaucoma em uma população geral na cidade de Porto Alegre
Outro título Ocular health promotion and glaucoma knowledge research in the city of Porto Alegre - Brazil
Autor Mársico, Jeanine
Prietsch, Roberta Fernandez
Santos, Paula Gabriela dos
Stangler, Fausto
Fortes Filho, João Borges
Resumo Objetivo: Avaliar a pressão intra-ocular e o grau de conhecimento sobre a possibilidade de cegueira causada por glaucoma numa população aleatoriamente selecionada durante um final de semana em um parque público da cidade de Porto Alegre, bem como orientar os pacientes avaliados sobre a evolução e as complicações do glaucoma e encaminhar os pacientes com pressão intra-ocular maior do que 20 mmHg em um ou em ambos os olhos para uma investigação completa de glaucoma. Métodos: Foi organizada uma campanha comunitária em um parque da cidade de Porto Alegre, envolvendo uma equipe formada por médicos residentes do curso de especialização em oftalmologia do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre e auxiliares de enfermagem da Instituição. Mediante a distribuição de senhas, 500 pacientes foram selecionados aleatoriamente para avaliação da pressão intra-ocular com o tonômetro de Perkins e para responderem questões gerais sobre o conhecimento do glaucoma como causa importante de cegueira no Brasil.Todos os pacientes examinados receberam orientações sobre a doença. Aqueles com glaucoma já diagnosticado, mas não controlado e outros sem diagnóstico, porém com pressão intra-ocular maior do que 20 mmHg, foram encaminhados para avaliação oftalmológica completa na instituição. Resultados: Dos 500 pacientes inicialmente agendados, 48 não compareceram ao local do atendimento e não foram considerados na atual casuística. Dos 452 pacientes examinados, 371 pacientes (371/452 - 82,07%) afirmaram conhecer a possibilidade de cegueira causada por glaucoma, enquanto apenas 81 pacientes (81/452 - 17,92%) não tinham conhecimento algum sobre a doença. Quatrocentos e dezesseis pacientes não tinham diagnóstico prévio de glaucoma, mas destes, 9 (9/416 - 2,16%) apresentaram pressão intra-ocular maior do que 20 mmHg em pelo menos um dos olhos. Trinta e seis pacientes (36/452 - 7,96%) pacientes já tinham diagnóstico de glaucoma. Destes, 8 (8/36 - 22,22%) não faziam tratamento algum. Onze (2,4%) pacientes apresentaram diferença de pressão intra-ocular de três ou mais mmHg entre os dois olhos, e destes, 6 apresentaram medida de pressão intra-ocular menor que 20 mmHg. A pressão intra-ocular média entre homens e mulheres foi de 13,0 e 12,8 mmHg, respectivamente. Os valores médios para indivíduos da raça branca foram de 12,9 mmHg, para negros de 13,1 mmHg e para mestiços foi de 13,0 mmHg. Para indivíduos com menos de 45 anos, os valores médios foram de 12,6 mmHg e para indivíduos com 45 anos ou mais foram de 13,0 mmHg. Pacientes com glaucoma referido apresentaram pressão intraocular média de 15,9 mmHg, enquanto a média para pacientes que não referiram glaucoma foi de 12,6 mmHg.
Abstract Objective: The aim of this study is evaluate de intraocular pressure and the knowledge about blindness possibilities by the glaucoma in a randomized population selected during a weekend in a public park of the city of Porto Alegre - Brazil, as well as to teach all of the evaluated patients over the glaucoma disease, its evolutions and blinding possibilities and to send all of the patients over 20 mmHg, in one or in both eyes, to a complete ophthalmologic examination. Methods: During the year of 2003 was organized an ocular health promotion in a public park of the city of Porto Alegre with a team of residents in ophthalmology and the staff of the institution. 500 patients were randomized selected for intraocular pressure evaluation under Perkins’s tonometry and to answer some questions about knowledge of glaucoma blindness like one of the most important causes of blindness in Brazil.All of the selected patients received some kind of orientation about the glaucoma.The patients with glaucoma previously diagnosed, but without good clinical control and others with miss diagnosed glaucoma but with intraocular pressure over 20 mmHg were indicated to a complete ophthalmic evaluation in the base institution. Results: From the 500 patients initially selected, 48 patients did not reach the examination ambulatory e did not were considered in this analysis. Of the 452 effective examinated patients, 371 patients (371/452) - 82,07%) had good knowledge about glaucoma blindness while only 81 of the patients (81/452 - 17,92%) had no previous knowledge about the disease. Also, from this group of 452 patients, was found that 416 patients had no previous glaucoma diagnosis (416/452 - 92,04%) while 36 of the patients had previous glaucoma diagnosis (36/452 - 7,96%) but 8 patients with glaucoma previous diagnosis did not make, at that moment, any kind of medical treatment for the disease (8/36 - 22,22%). In the group of 416 examinated patients without any previously glaucoma diagnosis were found 9 more patients (9/416 - 2,16%) with intraocular pressure over 20 mmHg in at least one of the eyes. Comments: In this ocular health promotion and glaucoma knowledge research, the intraocular pressure in males was 13, 0 mmHg and in the females group was 12, 8 mmHg without statistic difference in the both groups. This research also showed very good glaucoma knowledge among the studied population.They had previous knowledge about the relationship of the disease with elevated intraocular pressure, about the genetic aspects of the glaucoma in some families and the blindness possibilities without a good medical control of the intraocular pressure. At least 50% of all of the examinated patients in this study had previously checked his intraocular pressure by ophthalmologist. The results of this research differs from similar studies in this country in the aspect of good knowledge about glaucoma probably by specific characteristics of the population of the study coming mainly form the Brazilian middle class people and also universitary people, among others.
Contido em Revista brasileira de oftalmologia. Rio de Janeiro. Vol. 65, n. 2 (mar./abr. 2006), p. 94-97
Assunto Cegueira
Glaucoma
Porto Alegre (RS)
Pressão intraocular
Tonometria ocular
[en] Blindness/prevention & control
[en] Eye health
[en] Intraocular pressure
[en] Tonometry
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/71729
Arquivos Descrição Formato
000599032.pdf (102.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.