Repositório Digital

A- A A+

A importância da família na formação escolar das crianças nos anos iniciais do ensino fundamental

.

A importância da família na formação escolar das crianças nos anos iniciais do ensino fundamental

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A importância da família na formação escolar das crianças nos anos iniciais do ensino fundamental
Autor Rodrigues, Chaine Mello
Orientador Cunha, Aline Lemos da
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Ensino a Distância: Licenciatura.
Assunto Ensino fundamental
Relação escola-família
Segundo ciclo
Resumo Muitos estudos tem se referido à aproximação entre os pais ou responsáveis e a escola. Na prática, ambos estão cada dia mais distantes. Tentar entender as causas desta atração ou repulsão não é tarefa fácil. O texto procura refletir sobre esta relação e quais as suas conseqüências para os estudantes, pais e professores. O ponto de partida é o relato de experiência de meu estágio, em uma turma de terceiro ano do ensino fundamental, onde a relação entre os alunos viu-se modificada com a participação de uma mãe em sala de aula. O trabalho foi desenvolvido em uma escola de ensino fundamental na periferia de Alvorada. De maneira geral podemos dizer que o nível sócio-econômico dos alunos e moradores dos arredores é baixo. Apesar das particularidades de minha escola durante minha pesquisa percebi que os mesmos problemas enfrentados por mim foram relatados pelos pesquisadores Bernad Charlot, Lea Pinheiro Paixão e Daniel Thin, cujas realidades retratadas em suas escolas são, em grande parte, diferentes da escola em que realizei o meu estágio, porém apesar das diferenças encontradas entre os alunos e suas escolas todos tem em comum a dificuldade de aproximação entre pais e a escola. Ao mesmo tempo em que esta aproximação é desejada, encontra entraves para que ela se realize. A escola procura cada vez mais trazer a si a responsabilidade pela educação dos alunos, os pais por sua vez assumem o seu despreparo na matéria de educação e limitam-se a apenas cobrar resultados. O que todos percebemos e a crescente falta de limites impostos aos nossos estudantes. A minha pesquisa aponta para os benefícios da aproximação entre pais e educadores e a necessidade de se transpor os “muros da escola”. Problemas como o bullyng e as drogas são um reflexo do descontrole de pais e educadores em suas tarefas de fornecer uma educação plena, com a construção de regras onde fiquem claros os seus direitos e deveres como filhos e alunos, desenvolvendo suas autonomias e cidadanias. Minha pesquisa procura definir o que seria uma “educação ideal” e em que ambiente ela se desenvolveria, mas ao mesmo tempo aponta as dificuldades encontras por pais e educadores que os distanciam desde ideal. A bibliografia consultada trata em grande parte das relações entre família e escola e dos benefícios que ambas partes ganham ao juntarem forças para educar nossas crianças.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/71901
Arquivos Descrição Formato
000880447.pdf (387.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.