Repositório Digital

A- A A+

Determinantes do movimento de trabalhadores pendulares na aglomeração urbana do nordeste do Rio Grande do Sul : uma análise a partir dos transportes coletivos

.

Determinantes do movimento de trabalhadores pendulares na aglomeração urbana do nordeste do Rio Grande do Sul : uma análise a partir dos transportes coletivos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Determinantes do movimento de trabalhadores pendulares na aglomeração urbana do nordeste do Rio Grande do Sul : uma análise a partir dos transportes coletivos
Autor Stamm, Cristiano
Orientador Lahorgue, Maria Alice Oliveira da Cunha
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional.
Assunto Aglomeracoes urbanas
Cidades do interior
Cidades medias
Fatores socioeconômicos
Mobilidade urbana
Rede urbana
Rio Grande do Sul
Trabalhadores
[en] Commuter
[en] Commuter workers
[en] Determinants
[en] Medium-size cities
[en] Northeast urban agglomeration
[en] Urban network
Resumo Este trabalho teve como objetivo central verificar e analisar, através dos trabalhadores pendulares da Aglomeração Urbana do Nordeste (AUNe) do Rio Grande do Sul que se deslocavam por meio de transporte coletivo, os determinantes do movimento pendular na região no ano de 2012. Esses determinantes são um indicativo relevante de dimensionamento do mercado de trabalho, assim como de desenvolvimento regional, e a importância de estudálos, especificamente por meio dos trabalhadores, se faz devido à difusão das tendências urbanas ocorridas nos grandes centros, pelo potencial que esse movimento tem em se alastrar pelo território nacional e, fundamentalmente, em razão do crescimento das cidades de porte médio e das aglomerações urbanas no interior do país. O suporte teórico que dá sustentação ao surgimento dessas aglomerações é encontrado nas teorias dos lugares centrais e dos polos de crescimento, pois é através das relações dinâmicas e das disparidades da distribuição das atividades econômicas no espaço geográfico ou no espaço econômico que a teoria da polarização auxilia na compreensão da hierarquização das regiões e dos efeitos da mobilidade da população. Metodologicamente, foi utilizada uma survey que consistiu em uma pesquisa através da aplicação de questionários a uma amostra de 430 trabalhadores pendulares da AUNe. Buscando as atividades fora do município de residência, além de oferecer melhores condições econômicas/financeiras, o trabalhador pendular reforça as transformações no espaço geoeconômico com suas movimentações cotidianas, refletindo numa dinâmica socioeconômica diferenciada, evidenciando a atração que os polos acabam exercendo sobre as outras regiões e, também, como se constitui o mercado de trabalho que se estabelece por lógicas distintas. Além do retrato do perfil dos trabalhadores pendulares que se deslocam na AUNe, a pesquisa apontou que é forte a tendência dos efeitos da polarização sobre o mercado de trabalho nesta região, e que esses efeitos são proporcionados pela cidade de porte médio de Caxias do Sul, que apresentou maior movimento centrípeto, sendo responsável por cerca de 45% dos destinos dos trabalhadores pendulares na região. Com as exceções das cidades de Santa Tereza e Monte Belo do Sul, todas as demais cidades apresentaram uma pendularidade cruzada. Ao fim foi observado que existem dois tipos de determinantes que atuam sobre o trabalhador pendular, sendo eles: o determinante de estímulo – o qual pode ser relacionado ao fator ou motivador primário que fez com que o indivíduo procurasse atividades de trabalho em outro município; e o determinante de continuidade – o qual é pertinente ao motivo pelo qual o indivíduo não migra para a cidade em que trabalha, dando vida e realizando continuamente o movimento pendular. Analisando os dois determinantes, os resultados apontam que o primeiro reforça a teoria de que, mesmo numa aglomeração urbana interiorana, o motivo dominante inicial nas decisões do trabalhador ainda é de natureza econômica, enquanto o determinante de continuidade agrega na discussão teórica do movimento pendular os fatores sociais, os quais passam a ser o motivo dominante na continuidade deste fenômeno. Assim, pode-se inferir que a hipótese certamente se confirma, pois ficou evidenciado que o movimento pendular de trabalhadores é influenciado por fatores que compõem dois tipos de determinantes, sendo que no determinante de continuidade estão incluídos fatores distintos daqueles apresentados pelo determinante inicial de estímulo.
Abstract The aim of this thesis is to verify and analyze the commuting determinants at the Northeast Urban Agglomeration of Rio Grande do Sul (NeUA) in the year 2012 through the commuter workers who traveled in this urban agglomeration by public transport. These determinants are a relevant indicator of the labor market as well as the regional development. The importance of studying these determinants through the workers is due to the diffusion of the urban tendencies occurring in the large centers, the potential of commuting to spread throughout the country, and primarily because of the growth of medium-size cities and urban agglomeration within the country. The theoretical framework that supports the emergence of these agglomeration is found within Central Place Theory and Growth Pole Theory, since it is through the dynamic relations and the disparities in the distribution of economic activities at geographic or economic space that the polarization theory helps to comprehend the hierarchization of the regions and the effects of the population mobility. Methodologically, a survey was conducted that included the application of questionnaires in a sample of 430 commuter workers of the NeUA. Seeking for activities outside the city of residence, the commuter worker improves his economic/financial condition and, in addition, reinforces the transformation at geo-economic space with his daily movements. This reflects a different socioeconomic dynamic and highlights both the attraction that the pole ends up exercising over other regions as well as the conditions of the labor market, which are established by different logics. Besides the profile picture of the commuter workers, the research pointed out that there is a strong tendency for the polarization effects on the labor market in the study region. The research revealed that those effects are provided by the medium-size city of Caxias do Sul, which showed a greater centripetal movement, being responsible for almost 45% of the commuters’ destination of this region. With the exception of Santa Tereza and Monte Belo do Sul, all other cities within the NeUA presented a cross commuter. At the end, it was observed that two types of determinants exist that operate over the commuter: the determinant of stimulus – which can be related to the primary motivator or factor that led the person to seek for work activities in another city; and, the continuity determinant – associated with the reason why the person does not migrate to the city in which he works, given life and continuation to commuter. Analyzing those two determinants, the results indicated that the first one reinforces the theory that even in an inland urban agglomeration the first dominant motive over the workers' decision continues to be of economic nature, while the continuity determinant adds to the commuter theoretical discussion social factors, which become the dominant motives in the continuity of this phenomenon. Thus, it can be inferred that the hypothesis is confirmed because it was evident that the commute of workers is influenced by factors that comprehends two types of determinants. Is important to add, that was revealed that in the continuity determinant are included other factors than those presented by the determinant of stimulus.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/71909
Arquivos Descrição Formato
000879545.pdf (13.35Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.