Repositório Digital

A- A A+

Aspectos relacionados à fadiga durante o ciclismo : uma abordagem biomecânica

.

Aspectos relacionados à fadiga durante o ciclismo : uma abordagem biomecânica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aspectos relacionados à fadiga durante o ciclismo : uma abordagem biomecânica
Outro título Aspects related with fatigue during cycling : a biomechanical approach
Autor Diefenthaeler, Fernando
Vaz, Marco Aurelio
Resumo A fadiga muscular pode ser definida como a incapacidade funcional na manutenção de um nível esperado de força. As competições de ciclismo, especialmente provas de estrada, apresentam como característica longa duração e altas intensidades. Tais características resultam na instauração do processo de fadiga, que pode estar associado a mecanismos e fatores metabólicos que afetam os músculos (fadiga periférica) e o sistema nervoso central (fadiga central). O objetivo deste trabalho é fazer uma revisão sobre aspectos relacionados com as mudanças na técnica de pedalada e na atividade elétrica dos músculos envolvidos nesse movimento durante o processo de fadiga. Alguns desses aspectos têm sido reportados na literatura e podem ter repercussão na (1) magnitude, direção e sentido de aplicação das forças no pedal; no (2) padrão de ativação muscular; na (3) geração de força e, conseqüentemente, no (4) desempenho do ciclista. No entanto, poucos estudos associam a fadiga muscular ao comportamento das forças aplicadas no pedal e ao padrão da ativação muscular. Os resultados dos estudos revisados demonstram a incapacidade dos ciclistas em manter a força desejada, perda da técnica de pedalada e mudança nos padrões de ativação elétrica sob condições de fadiga.
Abstract Muscular fatigue can be defined as functional inability to maintain a desired force output. During cycling competition, especially road races, cyclists are required to exercise for extended duration at high intensities. These features often result in fatigue, which can be associated with metabolic mechanisms and factors affecting both muscles (peripheral fatigue) and the central nervous system (central fatigue). The aim of this study is to review aspects related to alterations in the pedaling technique and electrical activation of the muscles during a fatiguing exercise bout. Some of these alterations have been reported in the literature and can reflect on the (1) magnitude, direction, and sign of the forces applied on the pedal; (2) muscle activation pattern; (3) force generation; (4) and consequent performance of the cyclist. However, few studies have associated fatigue with pedal forces and muscle activation. The results of the reviewed studies have shown that cyclists failed to maintain a preset force level, alteration in the pedaling technique, and changes on the muscle activation pattern during cycling under fatigue condition.
Contido em Revista brasileira de medicina do esporte. São Paulo. Vol. 14, n.5 (set./out. 2008), p. 472-477
Assunto Biomecânica
Ciclismo
Fadiga
[en] Biomechanics
[en] Cycling
[en] Fatigue
[en] Performance
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/71964
Arquivos Descrição Formato
000700395.pdf (166.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.