Repositório Digital

A- A A+

Como a mediação do professor de educação infantil pode auxiliar na formação do sujeito durante os momentos de brincar?

.

Como a mediação do professor de educação infantil pode auxiliar na formação do sujeito durante os momentos de brincar?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Como a mediação do professor de educação infantil pode auxiliar na formação do sujeito durante os momentos de brincar?
Autor Gomes, Josiqueli Ferreira
Orientador Avila, Ivany Souza
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Ensino a Distância: Licenciatura.
Assunto Brincadeira
Educação infantil
Professor
[en] Development
[en] Learning
[en] Mediation
[en] Play
Resumo O presente trabalho tem como objetivo compreender os efeitos provindos da mediação do educador nos momentos do brincar infantil. A pesquisa tem o embasamento nas teorias de Kishimoto, Moyles, Fortuna e colaboradores, e apresenta a análise da experiência vivida no estágio curricular com os alunos do pré – escolar, diagnosticando a importância da mediação da professora nos momentos de brincar para o desenvolvimento do aluno. Na Educação Infantil a principal e mais importante atividade a ser oferecida é o brincar, pois de forma espontânea e prazerosa a criança libera emoções, transita entre a realidade interna e externa, explorando sua fantasia, demonstrando seus medos, anseios, inseguranças, desenvolvendo a imaginação, a autonomia, a flexibilidade, tendo controle de seus atos, controle das situações de forma livre, não autoritária ou imposta. Desta forma, a brincadeira é um modo eficaz de desenvolvimento infantil e de construção autônoma moral e intelectual. No entanto, quanto mais a educadora conhecer seus alunos, a forma como brincam e o nível em que cada um se encontra, mais conseguirá orientar esses momentos, promovendo o desenvolvimento desse alunos, sem descaracterizar o brincar. É necessário que a professora valorize a ação do aluno, deixe-o iniciar, caracterizar e concluir as atividades a seu modo, a ação docente neste caso cuidará de aumentar a complexidade do brincar de forma a promover o pensamento do aluno. Este estudo se caracteriza por uma pesquisa qualitativa que investiga as experiências vivenciadas no estágio docente realizado em uma turma de pré-escolar da Escola Municipal de Educação Infantil Abelhinha, tendo como foco o brincar mediado pela a ação da professora. Com base nos estudos realizados, nas experiências vivenciadas no estágio e nas questões levantadas constata-se que o brincar infantil dentro dos contextos escolares não deve ser confundido com atividades escolares, visto que estas descaracterizam o brincar que deve ser espontâneo, livre, onde o sujeito é envolvido pelo prazer que o brincar proporciona. Contudo, a professora tem a função de mediar os momentos do brincar sem interferir na ação do aluno, deixando-o exercer a autonomia, tornando-se sujeito ativo e comprometido com seu desenvolvimento. Desta forma, foi possível observar que a mediação nos momentos de brincar fez com que estas crianças desenvolvessem habilidades desenvolvendo a forma como brincavam, tornando-o mais complexo, difícil o que exigia mais envolvimento, mais esforço para superar as dificuldades que encontravam.
Abstract This study aims to understand the effects emanating from the mediation of the teacher in times of playing children. The research is the foundation of the theories of Kishimoto, Moyles, Fortuna and employees, and presents the analysis of the curricular experience with students from pre - school, diagnosing the importance of teacher's mediation in times of playing for the integral development of student. Early Childhood Education in the primary and most important activity to be offered is playing, because the spontaneous and joyful emotions frees the child, moves between the inner and outer reality, exploring your fantasy, demonstrating their fears, anxieties, insecurities, developing the imagination , autonomy, flexibility, and control their actions, control of situations in a free, non-authoritarian or imposed. Thus, play is an effective way of child development and building autonomous moral and intellectual. However, the more educators know their students, how they play and the level at which each one is more able to guide these moments, encourage the development of the subject, without spoiling the play. It is necessary that the teacher values the student's action, let him start, characterization and complete the activities in their own way, the teaching in this case will take care of increasing complexity of play in order to promote student thinking. This study is characterized by qualitative research that investigates the experiences in teacher training conducted in a preschool class at the School of Early Childhood Education Abelhinha focusing on playing mediated through the action of the teacher. Based on studies in experiences on stage and the issues raised it was noted that children's play within the school context should not be confused with school activities because they mischaracterize the play should be spontaneous and free, where the subject is surrounded by the pleasure that the play provides. However, the teacher has to mediate the moments of the play without interfering with the action of the student, leaving him to exercise autonomy, becoming an active and committed to their development. Thus, we observed that mediation in times of play meant that these children develop skills to develop the way they played, making it more complex, difficult, which required more involvement, more effort to overcome the difficulties they encountered.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/71995
Arquivos Descrição Formato
000880839.pdf (295.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.