Repositório Digital

A- A A+

Inseminação artificial pós-cervical em tempo fixo em porcas recebendo pLH no início do estro

.

Inseminação artificial pós-cervical em tempo fixo em porcas recebendo pLH no início do estro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Inseminação artificial pós-cervical em tempo fixo em porcas recebendo pLH no início do estro
Outro título Fixed-time post cervical artificial insemination in sows receiving pLH at estrus onset
Autor Fontana, Diogo Luiz
Orientador Wentz, Ivo
Co-orientador Bortolozzo, Fernando Pandolfo
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Hormônio luteinizante
Inseminacao artificial : Tecnicas
Ovulacao : Suinos
Reprodução animal : Suínos
[en] Fixed-time insemination
[en] Ovulation
[en] Porcine luteinizing hormone
[en] Post cervical insemination
Resumo Inseminação artificial em tempo fixo (IATF) associada à inseminação artificial pós-cervical (IAPC) permite uma maior utilização de machos geneticamente superiores e uma redução expressiva de mão de obra na produção de suínos. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência da IATF de acordo com diferentes protocolos de (IA), usando pLH - hormônio luteinizante suíno - como indutor da ovulação. Um total de 597 matrizes desmamadas com detecção de estro realizada uma vez ao dia (08:00) foram alocados em três tratamentos: Controle (n = 199) - primeira inseminação realizada no início do estro (0 h) e repetida a cada 24 h, durante o estro; IATF1 (n = 199) - fêmeas receberam 5 mg (4 ml) i.m. de pLH no início do estro, e foram inseminadas 24 horas depois, e IATF2 (n = 199) – fêmeas receberam 5 mg de pLH mas foram inseminadas no início do estro (0 h) e 24 horas depois. Foram realizadas IAPC com doses homospérmicas (1,5 x 109 de espermatozoides totais/50 ml) em todos os tratamentos. O tratamento hormonal não afetou o intervalo do início do estro à ovulação (P> 0,05). O número de inseminações foi de 2,9, 1,0 e 2,0 para Controle, FTAI1 e FTAI2 respectivamente. Não houve diferença entre os tratamentos para taxa de parto e leitões nascidos totais (P> 0,05). Leitões nascidos totais por dose inseminante foi diferente (P <0,0001) entre os tratamentos (4,5, 12,5 e 6,2 para Controle, FTAI1 e FTAI2 respectivamente). O uso de pLH no início do estro associado à uma única inseminação em tempo fixo IAPC 24 horas após, não comprometeu o desempenho reprodutivo de porcas multíparas.
Abstract Fixed-time artificial insemination (FTAI) associated to post cervical artificial insemination (PCAI) allows a wider use of high indexed boars and an expressive reduction on labor requirements in swine production. The aim of this study was to evaluate FTAI efficiency according to different AI protocols, using pLH – porcine luteinizing hormone - as ovulation inductor. A total of 597 weaned sows whose estrus detection was performed once daily (08:00 am) were allocated into three treatments: Control (n= 199) – the first insemination was performed at estrus onset (0 h) and repeated every 24 h thereafter, during estrus; FTAI1 (n= 199) - sows received a 5 mg (4 ml) i.m. injection of pLH at estrus onset, and were inseminated 24 h after, and FTAI2 (n= 199) - sows received 5 mg of pLH but were inseminated at estrus onset (0 h) and 24 h after. PCAI with homospermic doses (1.5 x 109 total sperm cells/50 ml) were performed in all treatments. Hormonal treatment did not affect the interval onset of estrus to ovulation (P>0.05). The number of inseminations was 2.9, 1.0 and 2.0 for Control, FTAI1 and FTAI2 respectively. Treatments did not affect farrowing rate and total born (P>0.05). Total piglets born per insemination dose was different (P<0.0001) among treatments (4.5, 12.5 and 6.2 for Control, FTAI1 and FTAI2 respectively). The use of pLH at estrus onset associated to a single fixed-time PCAI 24 h after does not compromise the reproductive performance of multiparous sows.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/72057
Arquivos Descrição Formato
000881281.pdf (706.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.