Repositório Digital

A- A A+

Evolução sedimentológica e paleogeográfica do sistema de riftes do Espinhaço Meridional

.

Evolução sedimentológica e paleogeográfica do sistema de riftes do Espinhaço Meridional

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evolução sedimentológica e paleogeográfica do sistema de riftes do Espinhaço Meridional
Autor Santos, Marcelo Nascimento dos
Orientador Jelinek, Andrea Ritter
Co-orientador Chemale Junior, Farid
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Espinhaço, Bacia do (MG)
Estratigrafia
Paleogeografia
Rifte
Sedimentologia
[en] Allostratigraphy
[en] Espinhaço basin
[en] Rift
[en] Systems tract
Resumo Dois eventos distintos de rifteamento separados por um gap de 500 Ma foram reconhecidos no Espinhaço Meridional, conduzindo a novas interpretações sobre a evolução tectono-sedimentar da região. Mapeamento em detalhe (na escala 1:3,000) e levantamento e correlação de vinte e seis seções estratigráficas (na escala 1/100) foram realizados em duas áreas menos deformadas. Baseado nos sistemas deposicionais identificados, foi possível determinar os tratos de sistema tectônicos envolvidos na evolução do Sistema de Riftes do Espinhaço, os quais refletem o estágio de evolução de cada bacia. As discordâncias observadas permitiram a proposição de uma nova classificação estratigráfica, a aloestratigrafia, cuja principal vantagem reside no fato de ser essencialmente descritiva. Na Bacia Espinhaço inferior (sensu Chemale et al., 2010), foram identificados: rift initiation systems tract e o early rift climax systems tract, compreendendo respectivamente os sintemas Bandeirinha (limitado por uma desconformidade e por uma discordância angular) e São João da Chapada (limitado por duas discordâncias angulares). O nível D, denominado informalmente, composto por pelitos, foi incorporado ao Sintema São João da Chapada. Na Bacia Espinhaço superior foram identificados: o early rift climax systems tract e o immediate post-rift systems tract, compreendendo os sintemas Sopa-Brumadinho (limitado por uma discordância angular e uma paraconformidade), Galho do Miguel (limitado por duas paraconformidades) e Conselheiro Mata (limitado por uma paraconformidade e por uma discordância angular).
Abstract Two distinct rifting events separated by a gap of 500 Ma have been recognized in the southern Espinhaço mountains, implying a new interpretation of the tectono-sedimentary evolution of the region. Detailed mapping (at a scale of 1:3,000), was conducted with even finer detail in twenty-six sections (at a scale of 1:100) in two less-deformed areas and their lateral correlations. Based on the identified depositional systems, it was possible to determine the tectonic system tracts involved in the evolution of the Southern Espinhaço Rift System that reflect the stage of evolution of each basin. The unconformities observed allowed the proposal of a new stratigraphic classification, allostratigraphy, whose main advantage is its essentially descriptive nature. In the lower Espinhaço Basin (sensu Chemale et al., 2010), the rift initiation system tract and the early rift climax system tract that comprise the Bandeirinha Synthem (limited by a disconformity and an angular unconformity) and the São João da Chapada Synthem (limited by two angular unconformities) were identified. The informal level D, composed of pelites, was incorporated into the São João da Chapada Synthem. In the upper Espinhaço Basin (sensu Chemale et al., 2010), the early rift climax systems tract and the immediate post-rift systems tract that comprise the Sopa-Brumadinho (limited by an angular unconformity and a paraconformity), Galho do Miguel (limited by two paraconformities) and Conselheiro Mata (limited by a paraconformity and an angular unconformity) synthems were identified.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/72129
Arquivos Descrição Formato
000783352.pdf (4.756Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.