Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do Programa Ambulatorial de Tratamento e Cessação do Tabagismo no município de Nova Bassano ano 2010 e 2011

.

Avaliação do Programa Ambulatorial de Tratamento e Cessação do Tabagismo no município de Nova Bassano ano 2010 e 2011

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do Programa Ambulatorial de Tratamento e Cessação do Tabagismo no município de Nova Bassano ano 2010 e 2011
Autor Wolkmer, Jaqueline
Orientador Pinheiro, Ivan Antonio
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão em Saúde UAB.
Assunto Dependência à nicotina
Políticas públicas
Tabagismo
Resumo A nicotina é reconhecida como causadora de dependência e o tabagismo gera diversos problemas de saúde. Atualmente, a oferta de tratamento a quem deseja parar de fumar está disponível nos serviços públicos de saúde. No município de Nova Bassano, o programa ambulatorial de tratamento ao tabagismo foi implantado na unidade básica de saúde em 2005. Ao término dos 30 dias de tratamento, com sessões estruturadas e encontros semanais, o serviço identifica o percentual de fumantes que estão sem fumar. Porém não existem dados que demonstram se os tabagistas, que frequentaram o serviço, permanecem sem fumar em períodos superiores a seis meses. Em busca desta resposta, foi realizado um levantamento das planilhas dos atendimentos aos usuários que participaram do programa, no período de 2010 e 2011. Na primeira etapa do estudo, identificou-se o perfil dos participantes, o nível de dependência da nicotina e o percentual de abandono do tabaco. Na segunda etapa, foram entrevistados indivíduos que declararam estar sem fumar ao término do tratamento inicial, para verificar se passado o período superior a seis meses, houve a manutenção do abandono do tabaco. Os resultados obtidos mostraram que o percentual médio de cessação nos 30 dias de acompanhamento foi de 58,5%, para períodos superiores a seis meses o percentual foi de 28,4%. Sugere-se a implantação de grupo de apoio e manutenção do tratamento na unidade básica de saúde e construção de instrumento padrão para avaliação de resultados em períodos superiores a seis meses que possam contribuir na construção dos indicadores municipais de efetividade do programa.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/72178
Arquivos Descrição Formato
000882760.pdf (5.560Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.