Repositório Digital

A- A A+

Dry washing in biodiesel purification : a comparative study of adsorbents

.

Dry washing in biodiesel purification : a comparative study of adsorbents

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dry washing in biodiesel purification : a comparative study of adsorbents
Autor Faccini, Candice Schmitt
Cunha, Michele Espinosa da
Moraes, Maria Silvana Aranda
Krause, Laiza Canielas
Manique, Márcia Cardoso
Rodrigues, Maria Regina Alves
Benvenutti, Edilson Valmir
Caramão, Elina Bastos
Resumo O objetivo deste trabalho é comparar a eficiência de diferentes adsorventes na purificação de biodiesel produzido por transesterificação alcalina do óleo de soja (metanol/KOH). As metodologias propostas foram baseadas na utilização de Magnesol®, sílica, Amberlite BD10 DRY® e Purolite PD 206® como adsorventes e foram desenvolvidas por adsorção a 65 ºC. A eficiência de cada adsorvente foi medida através do teor residual de potássio, álcool, água e sabão, dissolvidos no biodiesel purificado. Como resultado, observamos que Magnesol® e sílica apresentaram melhores propriedades de adsorção que Amberlite BD10 DRY® e Purolite PD 206®, especialmente para remover sabão, glicerina livre e ligada e potássio. Em comparação com a lavagem ácida convencional, estas matrizes foram consideradas adequadas para a remoção de espécies contaminantes inorgânicas e orgânicas do biodiesel. Os principais resultados encontrados para estes dois adsorventes (Magnesol® 1% e sílica 2%) foram valores abaixo de 0,17 mg KOH g-1 de acidez, 1 mg kg-1 de potássio, 61 ppm de sabão, 500 mg kg-1 de água, 0,22% de metanol, 0,30% de glicerina livre e 0,03% de glicerina ligada.
Abstract The purpose of this work is to compare the efficiency of different adsorbents in the purification of biodiesel produced by alkaline transesterification of soybean oil (Methanol/KOH). The proposed methodologies were based on the use of Magnesol®, silica, Amberlite BD10 DRY® and Purolite PD 206® as adsorbents and were developed by adsorption at 65 ºC. The response of each adsorbent was measured through the residual potassium, alcohol, water and soaps dissolved in the purified biodiesel. As a result, we observe that Magnesol® and silica showed better adsorption properties than Amberlite BD10 DRY® and Purolite PD 206®, especially for removing soap, free and bonded glycerol and potassium. In comparison to the conventional acid water washing, these matrices were found to be equally appropriate for the removal of inorganic and organic contaminant species from biodiesel. The main results found for these two adsorbents (Magnesol® 1% and silica 2%) were values below 0.17 mg KOH g-1 for acid number, 1 mg kg-1 of K, 61 ppm of soap, 500 mg kg-1 of water, 0.22% of methanol and 0.03% of free glycerol.
Contido em Journal of the Brazilian Chemical Society. São Paulo. Vol. 22, n. 3 (Mar. 2011), p. 558-563
Assunto Adsorventes
Biodiesel
Silica
[en] Amberlite®
[en] Biodiesel
[en] Dry wash
[en] Magnesol®
[en] Purolite®
[en] Silica
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/72501
Arquivos Descrição Formato
000826328.pdf (430.9Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.