Repositório Digital

A- A A+

Diagnósticos de enfermagem dor aguda e dor crônica na perspectiva do cuidado à criança oncológica

.

Diagnósticos de enfermagem dor aguda e dor crônica na perspectiva do cuidado à criança oncológica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diagnósticos de enfermagem dor aguda e dor crônica na perspectiva do cuidado à criança oncológica
Autor Stefani, Greice de Medeiros
Orientador Issi, Helena Becker
Data 2008
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Assistência de enfermagem
Câncer : Criança
Diagnóstico de enfermagem
Dor crônica
Enfermagem oncológica
Enfermagem pediátrica
Resumo A dor na criança com câncer está relacionada não somente à doença, mas também aos diversos procedimentos que compõem o tratamento e suas conseqüências adversas. É o diagnóstico de enfermagem que oferece a possibilidade do uso de uma linguagem comum para identificar os problemas do paciente, auxiliando na escolha das intervenções de enfermagem e na avaliação. Esta pesquisa tem como objetivo estudar fatores relacionados e cuidados de enfermagem para o diagnóstico “dor” com vistas a qualificar a Sistematização da Assistência de Enfermagem à criança oncológica mediante complementação ao Sistema Informatizado de Prescrição de Enfermagem do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Caracteriza-se como um projeto de desenvolvimento, realizado por intermédio de revisão bibliográfica e da construção de uma proposta de complementação. Com base em Goldim (2000) que orienta a implantação de uma nova atividade a partir de referencial específico criteriosamente estudado, para apresentação da proposta de inserção de fatores relacionados e intervenções de enfermagem para o diagnóstico dor, utilizou-se o referencial da North American Nursing Diagnoses Association - NANDA (2008), Classificação das intervenções de enfermagem - NIC (DOCHTERMAN; BULECHECK, 2008) e Carpenito (2008). Como resultados, confirmou-se a necessidade de complementação de fatores relacionados que incidiram em imobilidade, irritantes químicos, toxicidades ao tratamento e efeitos do câncer; e complementação dos cuidados de enfermagem voltados a terapias convencionais e alternativas a serem inseridos no Sistema no que diz respeito ao diagnóstico de enfermagem dor na criança com câncer. A avaliação da dor como o 5º sinal vital, prescinde de qualificação das etapas que constituem a Sistematização da Assistência de Enfermagem em pediatria, fornecendo subsídios para a escolha das intervenções de enfermagem apropriadas, contribuindo assim para a prática profissional do enfermeiro em oncologia pediátrica.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/72622
Arquivos Descrição Formato
000694725.pdf (847.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.