Repositório Digital

A- A A+

O verbal e o não verbal na sala de aula : a linguagem do corpo e suas expressões – contribuições da psicomotricidade relacional e da psicanálise na educação

.

O verbal e o não verbal na sala de aula : a linguagem do corpo e suas expressões – contribuições da psicomotricidade relacional e da psicanálise na educação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O verbal e o não verbal na sala de aula : a linguagem do corpo e suas expressões – contribuições da psicomotricidade relacional e da psicanálise na educação
Autor Mastrascusa, Celso Luiz
Orientador Folberg, Maria Nestrovsky
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Educação básica
Linguagem corporal
Linguagem não-verbal
Linguagem verbal
Psicanálise
Psicomotricidade relacional
Sala de aula
[en] Education
[en] Non-verbal
[en] Personal training
[en] Psychoanalysis
[en] Relational psychomotricity
[en] Verbal
Resumo A escuta do Verbal e Não Verbal na sala de aula é o Tema desta Tese. Trata-se de um repensar nossa Educação ainda muito direcionado para a transmissão de conteúdos específicos, organizado em tempos rígidos e centrado no trabalho da professora, muitas vezes solitária, sem uma formação profissional que dê suporte não apenas aos conhecimentos específicos, mas antes de qualquer coisa, sem a necessária formação pessoal que proporcione uma segurança emocional a Professora/Educadora auxiliando-a em sua função pedagógica. Esta Tese é propositiva e tem a pretensão de apresentar a possibilidade de contribuição no ambiente escolar, em particular no primeiro ano do ensino fundamental, pela via do jogo, do brincar, na qualificação da escuta do Adulto (professora). Apresentamos um método educacional e pedagógico qual seja a Psicomotricidade Relacional acompanhada da visão psicanalítica. O estudo proposto foi desenvolvido numa abordagem qualitativa, pois não procura enumerar e/ou medir os eventos estudados e sim obter dados descritivos sobre pessoas, lugares e processos interativos pelo contato direto do pesquisador com a situação estudada, procurando compreender os fenômenos segundo a perspectiva dos sujeitos. Como foco central desta pesquisa aponto: Compreender como ocorre à escuta do Verbal e do Não Verbal na sala de aula: a linguagem do corpo e suas expressões. No primeiro bloco intitulado - o primeiro ano de nossas vidas, apresento e caracterizo uma turma de primeiro ano do ensino fundamental de um Colégio particular de Porto Alegre, através do olhar das professoras e orientadora educacional, bem como através de observações realizadas pelo pesquisador nas aulas. As narrativas das entrevistas foram examinadas na perspectiva da análise do discurso, com base na visão psicanalítica, de forma a compor uma visão de como são planejadas as aulas e de que forma aparece a importância do Verbal e do Não Verbal nas relações de aprendizagens. No segundo bloco - psicomotricidade relacional: o prazer do jogo livre e espontâneo transbordamento da agressividade apresento a relação da teoria com o material empírico recolhido durante o ano de 2011, analisando a demanda das crianças nas sessões de Psicomotricidade Relacional, fazendo o entrecruzar de conceitos e destacando aquilo que nos pareceu fundamental na compreensão do foco de nossa Tese. No terceiro e último bloco - a Excola: a eterna queda de braço entre brincar e aprender apresento as considerações sobre a importância da formação pessoal das professoras, da constituição de uma possibilidade de construção de uma forma de viver e atuar na educação. Os enigmas da sala de aula continuarão presentes, tanto com as professoras, quanto com as crianças. Porém, devemos ter a coragem de marcar as diferenças, ousar na transformação de nossa função, de nossa postura no interior das escolas, na busca de uma Excola.
Abstract Listening to Verbal and Non-Verbal classroom is the theme of this thesis. It is a way of rethinking our education which is still too directed to the transmission of specific content, organized in time and supported by a hard work of the teacher. Many times the teacher does not a professional training that supports besides the specific knowledge, the personal formation that will provide some emotional security on its pedagogical function. This thesis is purposeful and intends to contribute in the school environment, particularly in the first year of primary school, through the game, playing, and by the qualification Adult listening (teacher). We present an educational and pedagogical method which is the Psychomotricity Relational with the psychoanalystic view. The study proposed was developed in a qualitative approach because the goal is not enumerate or measure the events studied, but get descriptive data about people, places and interactive processes by the direct contact with the researcher and the situation studied, trying to understand the phenomena from the perspective of subjects. The central focus of this study is: Understand how the listen of the Verbal and Nonverbal classroom happens in the classroom: the body language and its expressions. In the first block - the first year of our lives, I present and characterize a first year class of an elementary school in a private school in Porto Alegre, through the eyes of the teachers and educational guider, as well as through observations made by the researcher in the classroom. The narratives of the interviews were examined from the perspective of discourse analysis, based on psychoanalytic view, in order to compose a vision of how the lessons are planned and how the importance of Verbal and Nonverbal appears in learning relationships. In the second block - Relational Psychomotricity: the pleasure of the free and spontaneous game - overflow of aggression, I present the relationship between theory and empirical material collected during the year 2011, analyzing the demand of children in Relational Psychomatricity sessions, making the interlacing of concepts and highlighting what seemed to be essential in understanding the focus of our thesis. In the third and last block - The Excola: the eternal fight between play and learn. I present considerations about the importance of teachers personal training, the provision of a possibility of building a way to live and work in education. The puzzles in the classroom will be always present, both with teachers, and with children. But we must have the courage to make the differences, daring in a transformation of our role, our position within schools, in search of a Excola.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/72682
Arquivos Descrição Formato
000885289.pdf (1.238Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.