Repositório Digital

A- A A+

From novel to film : the transposition of some character roles in Emma Thompson's screenplay of Sense and Sensibility

.

From novel to film : the transposition of some character roles in Emma Thompson's screenplay of Sense and Sensibility

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título From novel to film : the transposition of some character roles in Emma Thompson's screenplay of Sense and Sensibility
Autor Freitas, Patrícia Maciel de
Orientador Maggio, Sandra Sirangelo
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Adaptação cinematográfica
Austen, Jane, 1775-1817, Sense and sensibility
Cinema e literatura
Criação literária
Crítica literária
Linguagem cinematográfica
Literatura comparada
Literatura inglesa
Processo criativo
Romance
Roteiro cinematográfico
Thompson, Emma
Transposição literária
[en] Adaptation
[en] Characters
[en] Film
[en] Sense and sensibility
Resumo Sense and Sensibility (1811), o primeiro romance publicado de Jane Austen, foi transposto para o cinema em 1995, conferindo seis prêmios de melhor diretor a Ang Lee e dezenove a Emma Thompson, oito como melhor atriz e onze pelo melhor roteiro adaptado. Nesta dissertação eu apresento minha leitura da transposição feita por Emma Thompson do romance de Jane Austen, focando especialmente na maneira em que os personagens principais são transpostos para a tela. Para isso, utilizo três apoios, o texto do roteiro, os diários de Thompson e as performances dos atores. Em cada um desses eixos foram feitas escolhas que merecem ser investigadas, revelando o processo pelo qual o trabalho original se molda às regras da nova mídia e ao público pretendido. Atenção especial é dada aos recursos usados na transposição dos personagens do romance para o filme. O lastro teórico-crítico da pesquisa se apoia nos estudos de Linda Hutcheon sobre adaptação e nos textos de Gerald Mast e Christian Metz sobre a linguagem cinematográfica. A dissertação vem estruturada em duas partes. A primeira, dividida em três seções, apresenta os elementos de contextualização necessários para a discussão empreendida no trabalho. A primeira seção trata sobre o filme produzido em 1995 e sobre Ang Lee, responsável pela direção do mesmo. A segunda seção retraça alguns referentes do romance Sense and Sensibility e sua autora, Jane Austen. A terceira seção considera o processo de criação e adaptação do roteiro de Emma Thompson. A segunda parte do trabalho enfoca as escolhas de transposição, em especial no que diz respeito ao tratamento dos personagens. Ao término da pesquisa, espero identificar os traços que caracterizam Thompson como leitora diferenciada de Austen, e explicitar fatores que motivam as escolhas favorecidas no processo de transposição analisado.
Abstract Sense and Sensibility (1811), the first novel published by Jane Austen, was transposed to the movies in 1995, granting six awards to Ang Lee as best director and nineteen to Emma Thompson, eight as best actress and eleven for best adapted screenplay. In this thesis, I present my reading of Emma Thompson´s reading of Jane Austen´s novel, focusing mainly on the way the major characters are transposed into the screen. In order to do that, I direct the analysis from three cornerstones, the text of the screenplay, Thompson’s diaries, and the actors’ performances. In each of these instances choices that deserve to be investigated have been made, which reveal the process through which the original work molds itself to the rules of the new media and to the audience it is intended. Special attention is given to the resources used in the transposition of the characters from the novel into the film. The theoretical support of the research is based on Linda Hutcheon’s studies on adaptation, and on Gerald Mast’s and Christian Metz’s texts about filmic language. This thesis is composed in two parts. Part one comes divided into three sections, and presents the contextualization necessary for the discussion held in the work. The first section introduces the film produced in 1995, and Ang Lee, responsible for its direction. The second retraces some referents from the novel Sense and Sensibility and its author, Jane Austen. The third considers Emma Thompson´s process of creation and adaptation of the screenplay. Part two focuses on the choices made in the transposition, especially the ones regarding the treatment of the characters. At the end of this research, I hope to identify the traces that characterize Thompson as a differentiated reader of Austen, and show the factors that motivate the favored choices in the analyzed transposition process.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/72749
Arquivos Descrição Formato
000884499.pdf (1.911Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.