Repositório Digital

A- A A+

Expatriação : a experiência chinesa em Candiota/RS

.

Expatriação : a experiência chinesa em Candiota/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Expatriação : a experiência chinesa em Candiota/RS
Autor Fraga, Aline Mendonça
Orientador Piccinini, Valmiria Carolina
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Recursos humanos
Relações de trabalho
Trabalhadores migrantes : Mercado de trabalho : Brasil
[en] Chinese
[en] Culture
[en] Expatriation
[en] Labor relations
Resumo A nova dinâmica do mundo do trabalho não limita as oportunidades profissionais às fronteiras dos países e é marcada pela mobilidade geográfica que exige, cada vez mais, empresas e pessoas preparadas para desafios internacionais. Este trabalho buscou verificar as percepções de expatriados chineses sobre as diferenças e semelhanças nas relações de trabalho, na China e no Brasil, e de que modo estas questões influenciam na maior/menor adaptação ao país. Os resultados mostraram que os orientais têm mais disciplina e dedicação no âmbito profissional, são leais à empresa, apresentam ritmo de trabalho mais acelerado e baseiam-se na experiência prática para executar as tarefas ao invés de planejamento e regras. Além disso, há diferenças relacionadas à legislação trabalhista, como carga horária e fiscalização. Quanto às semelhanças, estas estão presentes nas condições físicas das instalações, como ferramentas e materiais utilizados e responsabilidade de ambas as equipes. Para os estrangeiros, os residentes aproveitam mais a vida, são descontraídos e amigáveis, o que lhes proporcionou novo ponto de vista sobre as relações pessoais. Os chineses se consideram adaptados, embora a convivência com os nativos seja essencialmente profissional e haja limitada interação fora da Usina. Os resultados apontam a necessidade de acompanhamento por parte de gestores de Recursos Humanos, tanto brasileiros como chineses, com o objetivo de avaliar as dificuldades e oportunizar espaço para trocas de experiências, a fim de encontrar soluções e orientação na preparação de futuros expatriados.
Abstract The new dynamic in the work environment does not limit professional opportunities to the borders of the countries and is characterized by geographical mobility that increasingly requires companies and people prepared for international challenges. This study aimed to verify the perceptions of Chinese expatriates on the differences and similarities in labor relations, between China and Brazil, and how these issues influence their major/minor adaptation to the country. The results showed that the Easterners have more discipline and dedication at work, are loyal to the company, present faster pace of work and perform their tasks based on practical experience instead of planning and rules. Furthermore, there are differences related to labor legislation, such as overtime and inspection. Similarities are found in the facilities physical conditions, like tools and materials used and also the concern shared by both staffs. Foreigners believe that residents enjoy their lives more, are relaxed and friendly, what has given them a new perspective on personal relationships. The Chinese consider themselves adapted, although their interaction with the natives is essentially professional and the relationship is limited outside the Plant. The results indicate the need for Human Resources managers, both Chinese and Brazilians, with the purpose of difficulties evaluation and space provision for exchange of experiences in order to find answers and orientation for future international assignments preparation.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/72996
Arquivos Descrição Formato
000891335.pdf (478.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.