Repositório Digital

A- A A+

Articulação de ações e práticas em saúde : a mediação do cuidado na rede assistencial de São Lourenço do Sul/RS

.

Articulação de ações e práticas em saúde : a mediação do cuidado na rede assistencial de São Lourenço do Sul/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Articulação de ações e práticas em saúde : a mediação do cuidado na rede assistencial de São Lourenço do Sul/RS
Autor Santos, Vilma Constancia Fioravante dos
Orientador Gerhardt, Tatiana Engel
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Atenção primária à saúde
Mediação : Saúde
População rural
São Lourenço do Sul (RS)
[en] Health care networks
[en] Mediation care
[en] Primary health care
[en] Rural population
Resumo Trata-se de um estudo sobre a articulação das ações e práticas de cuidado a partir da mediação do cuidado na rede assistencial que oferece atenção em saúde a pessoas residentes no rural a partir da perspectiva dos profissionais que os representam. A análise da articulação das ações e práticas de cuidado, a partir da mediação do cuidado exercida pelos profissionais de saúde, teve como disparador a discussão de casos de idosos que internaram por Condições Sensíveis à Atenção Primária (CSAP) em um Município de pequeno porte do Rio Grande do Sul. Possui abordagem qualitativa, com geração de dados a partir de entrevistas semiestruturadas e observação participante. A sistematização de dados foi facilitada pelo Programa NVivo8®. A análise dos dados evidenciou as dificuldades em compartilhar a responsabilidade sobre a atenção em saúde ofertada ao usuário entre os serviços que compõem a rede assistencial. A Atenção Básica se mostrou à margem da Rede de Atenção à Saúde (RAS), colocando-se em debate a lógica que a idealiza como porta de entrada para o Sistema de Saúde. Essa situação é estabelecida principalmente em função do distanciamento entre os serviços de saúde que compõem a rede assistencial do Município. Isto se mostrou relacionado às dificuldades em estabelecer comunicação entre os mesmos, não se limitando ao espaço geográfico, mas estendem-se às relações entre os profissionais. A análise foi enriquecida quando as relações estabelecidas nos territórios foram estudadas a partir dos encontros entre os profissionais e usuários. Essas relações apresentaram-se como possibilidade de entender o funcionamento dos serviços e como ocorrem no cotidiano seus fluxos de utilização. Esse exame evidenciou que os encontros carregam consigo o potencial de desencadear ações de cuidado que se estenderão a outros pontos da rede assistencial. Assim, a potencialidade está em desencadear, a partir dos profissionais, a realização dessas ações, que terá como saldo para os usuários a facilitação do fluxo de utilização dos serviços e a produção de saúde. Desta incursão pela rede assistencial emerge o entendimento de que a valorização da mediação do cuidado enfocada a partir daquilo que traz de positivo aos seus envolvidos pode ser compreendida como uma inovação na atenção em saúde, sendo resguardada no cotidiano dos serviços.
Abstract This is a study on the health care actions and practices from a mediation of the network that provides health care for rural resident people, on the perspective of the professionals who represent them. The joint analysis of the actions and care practices, from the mediation of care exercised by health professionals, was triggered by the discussion of elderly people cases admitted for Primary Care Sensitive Conditions (Condições Sensíveis a Atenção Primária - CSAP) in a small city of Rio Grande do Sul. A qualitative approach was adopted, with data generation from semi-structured interviews and participative observation. The systematization of data was facilitated by NVivo8® Program. Data analysis revealed responsibility sharing difficulties in the health care offered to the services users that comprises the health care network. The Primary Care proved to be in the margin of the Health Care Network (Rede de Atenção à Saúde - RAS) putting themselves in a discussion with the logic that idealizes it as a gateway to the health system. This situation is mainly due to the gap between health services that comprises the health care network in the city. This proved to be related to difficulties in communication between them, which are not limited only to geographical distances, but also to relations between professionals. The analysis was enhanced when the relationships were studied from meetings between professionals and users. These relations appeared as a possibility to understand the functioning of the services and how is the everyday work flow. This examination revealed that the meetings carry the potential to trigger actions of care that will extend to other points of the care network. Thus, this capability is leading in the professionals the desire to perform these actions, which will balance to users the facilitation of health production and utilization of health services. From this foray into the health care network emerges the understanding that the appreciation of mediation care brings positive to people involved, and can be understood as an innovation in health care, being sheltered in everyday services.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/73029
Arquivos Descrição Formato
000891236.pdf (2.169Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.