Repositório Digital

A- A A+

Caracterização de um peptídeo antimicrobiano produzido por linhagem de Bacillus amyloliquefaciens isolada de solo

.

Caracterização de um peptídeo antimicrobiano produzido por linhagem de Bacillus amyloliquefaciens isolada de solo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização de um peptídeo antimicrobiano produzido por linhagem de Bacillus amyloliquefaciens isolada de solo
Outro título Characterization of an antimicrobial peptide produced by a Bacillus amyloliquefaciens isolated from soil
Autor Lisbôa, Márcia Pagno
Orientador Brandelli, Adriano
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola e do Ambiente.
Assunto Antimicrobiano
Bacillus amyloliquefaciens
Bacteria
Bacteriocina
Intoxicacao alimentar
Resumo Em anos recentes, surgiram numerosos casos de intoxicação alimentar envolvendo patógenos emergentes. Estes casos levaram a um aumento da preocupação com a preservação dos alimentos minimamente processados e com a segurança alimentar. Este fato está induzindo a pesquisa por inibidores para estes patógenos e fatores para prolongar a vida de prateleira de produtos alimentícios. Entre as novas alternativas na preservação está a utilização de peptídeos antimicrobianos produzidos por bactérias. No presente trabalho uma bactéria identificada como Bacillus amyloliquefaciens LBM 5006 isolada de solos de mata Atlântica de Santa Catarina foi selecionada dentre outros microrganismos e sua capacidade de produzir antimicrobianos foi avaliada. O extrato bruto da cultura do isolado LBM 5006 foi caracterizado, sendo ativo contra importantes bactérias patogênicas e deteriorantes como Listeria monocytogenes, Bacillus cereus, Erwinia carotovora, Escherichia coli, dentre outras. Houve maior produção do antimicrobiano quando a bactéria foi propagada em caldo infusão de cérebro e coração (BHI) a 37o C durante 48 h. Após concentração, a atividade antimicrobiana resistiu ao tratamento com enzimas proteolíticas. A atividade antimicrobiana foi verificada em pHs ácidos, sendo inibida em pH 9 e 10. O extrato foi purificado por meio de cromatografia de gel filtração e extração com butanol. O teste qualitativo de ninidrina, juntamente com a espectroscopia de infravermelho e ultravioleta, feitos com a substância purificada revelou que o antimicrobiano possui natureza protéica. O antimicrobiano apresentou um efeito bacteriostático contra 106 UFC/mL de Listeria monocytogenes na concentração de 25 AU/ml.
Abstract In recent years, an increase in food poisoning cases involving emerging pathogens have been described. These cases have increased the preoccupation with the preservation of minimally processed food products and food safety. This fact is leading the research for inhibitory substances and for factors to extend the shelflife of food products. Among the new preservation alternatives is the utilization of antimicrobial peptides produced by bacteria. In present work a bacterium identified as Bacillus amyloliquefaciens LBM 5006 isolated from Atlantic Forest soils of Santa Catarina was selected among other microorganisms and its capacity to produce antimicrobials was evaluated. The crude culture supernatant of the strain LBM 5006 was characterized, being active against important pathogenic and spoilage bacteria like Listeria monocytogenes, B. cereus, E. carotovora, E. coli, among other. Maximum production of antimicrobial activity was observed when the bacteria was propagated in Brain Heart Infusion (BHI) at 37o C for 48 h. After concentration, the antimicrobial activity was resistant to proteolytic enzymes. Antimicrobial activity was verified in acid pHs, but it was lost at pH 9 and 10. The supernatant was purfied by gel filtration chromatography and butanol extraction. The qualitative ninhydrin test, together with infrared and ultraviolet spectroscopy of purified substance revealed that the antimicrobial has a peptide moiety. A dose of 25 UA/mL caused a bacteriostatic effect against 106 UFC/mL Listeria monocytogenes.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/7475
Arquivos Descrição Formato
000545908.pdf (525.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.