Repositório Digital

A- A A+

Mulheres que vivem com HIV : violência de gênero e ideação suicida

.

Mulheres que vivem com HIV : violência de gênero e ideação suicida

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mulheres que vivem com HIV : violência de gênero e ideação suicida
Autor Ceccon, Roger Flores
Orientador Meneghel, Stela Nazareth
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto AIDS
HIV
Ideação suicida
Violência de gênero
[en] Gender
[en] Sida
[en] Suicidal ideation
[en] Violence against women
[es] Género
[es] Ideación suicida
[es] Violencia contra la mujer
Resumo A violência de gênero e a ideação suicida são eventos sociais de elevada incidência e constituem importantes problemas de saúde pública. Este estudo tem como objetivo estudar a violência de gênero e a ideação suicida em mulheres que vivem com hiv usuárias de um Serviço de Atenção Especializada em DST/aids de um município de médio porte do Rio Grande do Sul. Este é um estudo transversal cuja amostra foi constituída por 161 mulheres que vivem com hiv. Elas responderam um questionário aplicado por meio de entrevistas realizadas pelo pesquisador. A violência de gênero foi investigada por meio da versão brasileira reduzida do instrumento World Health Organization Violence Against Women e, para a ideação suicida, foi utilizado o Questionário de Ideação Suicida. A análise estatística foi realizada com o software Statistical Package Social Sciences. Verificou-se a presença de associações entre variáveis utilizando o teste Qui-Quadrado, Correlação de Pearson e Regressão de Poisson. A prevalência da violência de gênero foi de 72,7% e da ideação suicida de 50,9%. Neste estudo, as variáveis que estiveram associadas à violência e à ideação suicida foram praticamente as mesmas. Houve relação com a idade precoce da primeira relação sexual, maior número de filhos, baixas condições financeiras e maior tempo de vida com hiv. Além disso, as mulheres que sofreram violência de gênero apresentaram risco cinco vezes maior de manifestar ideação suicida. Neste trabalho observou-se alta prevalência de violência de gênero e de ideação suicida entre mulheres com hiv, e recomenda-se investigações desses temas nas histórias de vida das mulheres para que se possa propiciar acolhimento e cuidado como parte integrante das políticas voltadas às pessoas que vivem com hiv e da atenção integral à saúde das mulheres.
Abstract Gender violence and suicidal ideation are social events of high incidence and are important public health problems. This study aims to study gender violence and suicidal ideation in women living with HIV attending in a Service of Specialized Care in hiv/aids from a medium-sized city of Rio Grande do Sul. This is a cross-sectional study whose sample consisted of 161 women living with hiv. They answered a questionnaire through interviews conducted by the researcher. Gender violence was investigated by means of the Brazilian version of the instrument reduced World Health Organization Violence Against Women, and for suicidal ideation we used the Suicidal Ideation Questionnaire. The statistical analysis was performed with the Statistical Package Social Sciences software. Verified the presence of associations between variables using the Chi-Square test, Pearson Correlation and Poisson Regression. The prevalence for gender violence was of 72.7% and for suicidal ideation of 50.9%. In this study, the variables that were associated with violence and suicidal ideation were practically the same. There was a relationship with early age at first intercourse, higher number of children, few financial conditions and longer time life with hiv. In addition, women who suffer gender violence have fivefold greater risk of manifesting suicidal ideation. In this study, a high prevalence of gender violence and suicidal ideation among women with hiv, and it is recommended that investigations of these themes in the life stories of women so that they can provide shelter and care as an integral part of policies aimed at people who living with hiv and comprehensive health care for women.
Resumen La violencia de género y la ideación suicida son eventos sociales de alta incidencia y son importantes problemas de salud pública. Este estudio tiene como objetivo estudiar la violencia de género y la ideación suicida en las mujeres que viven con el hiv asistir a un Servicio de Atención Especializada en hiv/sida de un municipio de tamaño medio de Rio Grande do Sul. Se trata de un estudio transversal que muestra consistió en 161 mujeres que viven con el hiv. Respondieron un cuestionario a través de entrevistas realizadas por el investigador. La violencia de género fue investigado por medio de la versión brasileña del instrumento reducido Violencia Organización Mundial de la Salud contra la mujer y para la ideación suicida, se utilizó el Cuestionario de ideación suicida. El análisis estadístico se realizó con el paquete estadístico Ciencias Sociales. Verificada la presencia de asociaciones entre variables mediante la prueba de chi-cuadrado, correlación de Pearson y la regresión de Poisson. La prevalencia de la violencia de género fue de 72.7% y 50.9% de la ideación suicida. En este estudio, las variables que se asociaron con la violencia y la ideación suicida fueron prácticamente iguales. Hubo una relación con la edad temprana en la primera relación, mayor número de hijos, algunas condiciones financieras y de mayor duración con el vih. Además, las mujeres que sufren violencia de género tienen cinco veces más riesgo de manifestar ideas suicidas. En este estudio, se recomienda una alta prevalencia de la violencia de género y la ideación suicida entre las mujeres con hiv, y que las investigaciones de estos temas en las historias de vida de las mujeres para que puedan brindar refugio y cuidado como parte integrante de las políticas dirigidas a las personas que viven con el hiv y la atención integral de salud para las mujeres.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/75989
Arquivos Descrição Formato
000892827.pdf (1.522Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.