Repositório Digital

A- A A+

Estudos sobre qualidade do milho e do farelo de arroz integral para frangos de corte

.

Estudos sobre qualidade do milho e do farelo de arroz integral para frangos de corte

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudos sobre qualidade do milho e do farelo de arroz integral para frangos de corte
Outro título Studies about quality ingredientes for broiler chickens
Autor Pontalti, Gabriel Colombo
Orientador Ribeiro, Andrea Machado Leal
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Bromatologia
Farelo de arroz
Frango de corte
Milho
Nutricao animal
Produção animal
Resumo O aumento do preço dos ingredientes tradicionais torna viável o uso de co produtos ou ingredientes fora dos padrões de qualidade. Além disso, a maior parte dos custos da avicultura está relacionada com a nutrição. Foram conduzidos dois experimentos: O primeiro teve o objetivo de avaliar as alterações bromatológicas do milho infestado por Sitophilus zeamais e foi conduzido em arranjo fatorial 5x2 com cinco níveis de infestação - 0, 167, 333, 500 e 667 insetos por kg de milho e dois períodos de exposição - 35 e 70 dias. Avaliou-se matéria seca (MS), cinzas, proteína bruta (PB) e energia bruta (EB) dos grãos. Não houve interação entre os fatores estudados. No entanto, o aumento do nível de infestação diminuiu a MS dos grãos (p<0,05), aumentou as cinzas (p<0,01), mas não resultou em diferenças em PB e EB. Aos 70 dias observou-se menor teor de cinzas (p<0,01) e maiores teores de PB e MS (p<0,01), devido ao consumo do amido pelos insetos. Também entre os períodos não houve diferença significativa entre os teores de EB. O aumento no número de insetos diminuiu a qualidade do grão por aumentar seu teor de umidade. O aumento de PB observado não pode ser considerado um ganho nutricional sem que a digestibilidade in vivo dessa proteína seja estudada. O segundo experimento teve por objetivo estudar o efeito do processamento térmico por infravermelho na metabolizabilidade do farelo de arroz integral (FAI) de frangos de corte Cobb, em diferentes tempos (0, 6, 8 e 10 min) e sua estabilidade oxidativa. Uma dieta referência (DR) à base de milho e farelo de soja foi usada e a inclusão dos FAI foi de 20%. Foi usado um delineamento completamente casualizado com 5 tratamentos e 10 repetições de 1 ave. Foi feita a coleta total, com 4 dias de adaptação às dietas e 3 de coleta, entre 21 e 28 dias de idade das aves. A dieta com FAI 6 min teve melhor aproveitamento em relação às demais e a única que não diferiu da DR. Na comparação entre os FAI não houve diferenças estatísticas quanto à metabolizabilidade. No entanto, conforme aumentou o tempo de processamento, diminuiu da solubilidade e a metabolizabilidade da proteína. Após 4 meses de armazenamento não foi observado índice de peróxido nos farelos, porém o FAI 6 min apresentou menor teor de acidez. O processamento térmico por 6 minutos mostrou-se o mais indicado para frangos de corte e é uma maneira de aumentar o tempo de armazenamento deste ingrediente que caracteriza-se por ser muito instável.
Abstract In poultry production, nutrition represents the major costs. Traditional ingredients are getting expensive, so there is a demand for using alternative sources or even out-of-quality products for poultry diets. Two experiments were conducted. The first experiment was conducted in a 5x2 factorial arrangement with five levels of infestation - 0, 167, 333, 500 and 667 insects per kg of maize and two exposure periods - 35 and 70 days. We evaluated the dry matter (DM), ash, crude protein (CP) and gross energy (GE) of the grains. There was no interaction between the factors studied. However, increasing the level of infestation decreased grain DM (p <0.05) increased the ash (p <0.01), but did not result in differences in CP and GE. At 70 days showed lower ash content (p <0.01) and higher CP and MS (p <0.01), due to the consumption of starch by insects. There was no significant difference between the levels of GE. Higher number of insects decreaeses grain quality, due to higher humidity. Despite an observed increase in CP, it cannot be considered a nutritional gain without in vivo protein digestibility been performed. The second experiment aimed to study metabolizability in broilers Cobb, to test infrared thermal processing of rice bran (RB) at different times (0, 6, 8 and 10 min) and its oxidative stability. It was used a reference diet (RD) based on corn and soybean in which was included 20% of the RB. The experiment design was completely randomized, with 5 treatments and 10 replicates of one bird. The total collection methodology was used with 4 days of diet adaptation and 3 collection, between 21 and 28 days of age the birds Diet with 6 min RB was better used than the others and the only one that did not differ from RD. Comparing RB processing times, there were no significant difference between them, regarding metabolizability. Processing time was negatively related to protein solubility and protein metabolizability. After 4 months of storage, it was not observed peroxide index in any RB ingredient, but the RB 6 min had lower acidity. The thermal processing for 6 minutes proved to be the most suitable for broilers and is a way to increase the storage time of this ingredient that is characterized by being very unstable.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/76000
Arquivos Descrição Formato
000893228.pdf (1.222Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.