Repositório Digital

A- A A+

Atenção ambulatorial em psicologia infantil em um hospital público : a construção do cuidado na perspectiva da integralidade e da formação em serviço

.

Atenção ambulatorial em psicologia infantil em um hospital público : a construção do cuidado na perspectiva da integralidade e da formação em serviço

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Atenção ambulatorial em psicologia infantil em um hospital público : a construção do cuidado na perspectiva da integralidade e da formação em serviço
Autor Loss, Maria Aparecida
Orientador Pasini, Vera Lúcia
Data 2013
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Especialização em Práticas Pedagógicas para Educação em Serviços de Saúde.
Assunto Integralidade
Psicologia da criança
Saúde pública
Resumo O presente estudo é resultado do Projeto de Pesquisa produzido durante a realização do Curso de Especialização em Práticas Pedagógicas em Serviços de saúde, cadastrado na Plataforma Brasil, apresentado ao CEP e aprovado de acordo com a Resolução CNS 196/96 para pesquisas envolvendo seres humanos. A pesquisa teve um delineamento qualitativo e seus resultados pretendem contribuir com a elaboração do Projeto de Residência em Área Profissional da Saúde, vinculado ao Hospital Materno Infantil Presidente Vargas, apresentando elementos para a proposta de formação em serviço que está sendo produzida, considerando as diretrizes da saúde mental infanto-juvenil (BRASIL, 2005), a Política Nacional de Humanização (PNH) e os princípios do SUS (BRASIL, 2011). Elegemos, como elementos a serem analisados na pesquisa realizada, os dados produzidos a partir das primeiras consultas na área da Psicologia, nos meses de abril, maio e junho do ano de 2012, no Ambulatório de Especialidades, construindo um mapeamento dos casos atendidos, através de uma análise de 31 prontuários. A organização dos resultados das análises qualitativas são apresentados em quatro capítulos, onde destacamos o funcionamento dos serviços e da instituição para acesso, acolhimento e vínculo, considerando o modelo assistencial; o uso do diagnóstico biomédico e as possibilidades de uma avaliação diagnóstica ampliada, considerando os conceitos relativos ao campo da saúde mental como clínica ampliada, subjetividade e singularidade; as fragilidades e as possibilidades do ambulatório para a construção de um trabalho em equipes com uma diretriz interdisciplinar, considerando as relações advindas de um processo de formação em serviço (a estruturação da Residência Multiprofissional), com ênfase no cuidado em saúde mental infantil.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/76047
Arquivos Descrição Formato
000892984.pdf (568.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.